Fecam erra ao ‘transferir’ R$ 8,7 milhões de FPM à Prefeitura de Biguaçu

Publicidade

Federação Catarinense de Municípios (Fecam) errou ao inserir, indevidamente, no Portal das Transferências Constitucionais, a informação de que a Prefeitura de Biguaçu havia recebido R$ 8,7 milhões de Fundo de Participação dos Municípios (FPM), logo no dia 1º de janeiro. Acreditando no sistema da Fecam, Biguá News reproduziu a informação do depósito em uma matéria publicada no sábado (2), e desde já solicita desculpas aos seus leitores.

O prefeito Ramon Wollinger (PSD) informou, agora há pouco, à reportagem, que os valores não caíram na conta da Prefeitura. “A Fecam já retirou do site a informação do crédito do FPM”, comentou o gestor municipal.

Continua após a publicidade

Durante o sábado, ao constatar que no sistema da Fecam constava a informação do depósito, a reportagem também pesquisou os valores que teriam sido depositados a outras prefeituras da região metropolitana da capital. Para Florianópolis havia transferência de R$ 40 milhões, São José, R$ 19,5 mi e, Palhoça, R$ 18 mi. Nesta segunda-feira, por volta das 13h, todos esses dados também estavam retirados do sistema.

A Fecam foi procurada por Biguá News e informou que a digitação de tais números no sistema foi um “erro e que as informações devem ser desconsideradas”.

Veja imagem de um print do portal da Fecam feito no sábado e outro feito hoje.

fpm_01012016
No sábado (2) constava a transferência de R$ 8,7 milhões
erro_fecam
Em consulta feita nesta segunda, não consta transferência de FPM

Atualizada às 15h28

Publicidade