Figueirense cede virada ao São Paulo no final

Publicidade

O Figueirense estava ganhando do São Paulo por 2 a 1 até aos 46 minutos do segundo tempo, neste sábado à tarde, no estádio do Morumbi, mas bobeou e tomou dois gols em três minutos, perdendo de virada, por 3 a 2. O resultado foi um ‘balde de água fria’ no time, pois os atletas já visualizavam a vitória sobre o clube paulista. Com a derrota, o ‘Furacão’ permanece na 16ª posição, com 40 pontos, ameaçado de rebaixamento.

São Paulo comemora e Figueira lamenta derrota (Foto: Mauro Horita)
São Paulo comemora e Figueira lamenta derrota (Foto: Mauro Horita/GE)

O jogo começou melhor para o São Paulo, que aos 10 minutos do primeiro tempo abriu o placar. Após um erro da defesa do Figueira, Alexandre Pato fica com a bola e toca para Luis Fabiano. O centroavante faz tabela com Ganso e finaliza sem chances para o goleiro Alex Muralha.

Continua após a publicidade

O empate saiu ainda na etapa inicial. Aso 27 minutos, Dudu lança para Clayton, que marcou seu gol. A virada ocorreu aos 29 da etapa final. Após batida de uma falta, a bola sobrou para Carlos Alberto, que a mandou para o fundo da rede do goleiro Dênis.

Depois de virar a partida, o Figueirense ainda teve pelo menos duas chances de fazer o terceiro e ‘matar’ o jogo. Mas os atacantes não conseguiram finalizar no gol. O castigo veio ‘a cavalo’. Aos 46 minutos, a bola foi lançada na área e Alan kardec cabeceou, vencendo Alex Muralha: 2 a 2. Logo depois, aos 49,  Thiago Mendes mandou um ‘balaço’ de fora da área, sem chances para o goleiro catarinense. Final: 3 a 2.

Agora, o Figueira terá que catar os cacos para a última partida do campeonato e ainda torcer para que o Avaí não vença a Ponte Preta, neste sábado à noite, na Ressacada.

Publicidade