Figueirense demite o técnico Vinícius Eutrópio após entrar no ‘Z4’

Publicidade

g1Vinícius Eutrópio não é mais o treinador do Figueirense. Na manhã desta segunda-feira, por meio do site oficial, o clube alvinegro comunicou a saída do profissional do comando técnico. O desligamento ocorreu um dia depois da derrota para o Grêmio, por 2 a 1, em Porto Alegre. Com o resultado negativo, o time catarinense entrou na zona de rebaixamento da Série A.

A segunda passagem de Eutrópio pelo Figueirense começou no dia 19 de fevereiro deste ano, após a demissão de Hudson Coutinho, que não conseguiu uma boa campanha com a equipe no Campeonato Catarinense. Coube ao novo comandante conduzir o time no returno, onde terminou em segundo lugar e com chances de título até o fim –  o Joinville foi o campeão da etapa.

A estreia como treinador do Figueirense ocorreu em 2013. Eutrópio foi contratado para substituir Adilson Batista na Série B do Campeonato Brasileiro. Ao assumir, conseguiu uma arrancada fantástica nas rodadas finais e terminou com uma vaga na Série A do ano seguinte. No currículo ainda tem o título do Catarinense de 2014, quando bateu o JEC no Orlando Scarpelli.

Continua após a publicidade

No site oficial, o clube emitiu nota e agradeceu o ex-treinador pelos serviços prestados com a camisa preta e branca. Para o confronto contra a Ponte Preta, válido pela Copa do Brasil, na noite de quarta-feira, o Figueirense não informou quem irá orientar a equipe na beira do gramado.

Confira abaixo o que diz o comunicado:

Em nome da diretoria, o clube agradece todos os serviços prestados pelo profissional que sempre se dedicou de forma integral ao time. O Figueirense deseja sucesso na carreira do técnico Vinícius Eutrópio.

Publicidade