Figueirense fica no empate com a Chape

Publicidade

Figueirense e Chapecoense empataram em 0 a 0, neste domingo à tarde, no estádio Orlando Scarpelli, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo era importantíssimo para a equipe da capital catarinense. Precisando vencer, o Figueira não conseguiu o resultado. Desta forma, a equipe adiou para as próximas duas rodadas a decisão da permanência na Série ‘A’ do Brasileirão

Foto: Cristiano Anjudar - Agência Estado
Foto: Cristiano Anjudar – Agência Estado

Com o resultado, os anfitriões seguem na 15ª posição, na briga contra o rebaixamento, com 40 pontos. A equipe do Oeste Catarinense se mantém na 13ª colocação, já salva da degola, com 47 pontos marcados.

Continua após a publicidade

Na próxima rodada, o Figueirense vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo, no sábado, às 17h (de Brasília). Já a Chape receberá o Goiás, no domingo, às 18h, na Arena Condá.

O jogo

No primeiro tempo, a equipe da casa obteve a primeira melhor chance da partida. Em cobrança de falta, a bola ficou na área da Chape, e no bate-rebate, William Barbio chutou para longe e afastou o perigo. Logo no minuto seguinte, Dener teve a posse de bola, mas sem ângulo, tocou direto em Alex Muralha.

Aos 23 minutos, Camilo desperdiçou chance. Ao chutar cruzado, o arqueiro alvinegro fez boa defesa. Sete minutos depois, William Barbio perdeu excelente chance.Três jogadores do Figueirense furaram, e Alex Muralha precisou dar um chutão para afastar o perigo da área alvinegra.

Em seguida, Cleber Santana errou a saída de bola e Dudu aproveitou livre na cara do gol. Nivaldo teve de trabalhar, fazendo uma defesa segura. Ainda na primeira etapa, Yago recebeu toque de letra de Dudu, obrigando o goleiro do Verdão a sair do gol.

Na segunda etapa, nada mudou. Logo aos oito minutos, Rafael Bastos soltou uma bomba, espalmada por Nivaldo. Na sobra, Dudu chutou rasteiro, e Nivaldo fez milagre para salvar a Chape. A equipe anfitriã se manteve no ataque, mas só obteve boas chances na segunda metade do tempo.

Aos 29 minutos, Clayton levantou bola na cabeça de Marcão. Nivaldo saiu do gol, e salvou novamente o Verdão. No minuto seguinte, Clayton pegou a sobra do bate-cabeça da defesa da Chape na área, mas isolou. Nivaldo ainda teve que salvar mais uma vez a equipe alviverde. Em cruzamento, o arqueiro deu um soco na bola. Marcão retomou a posse, mas o goleiro fechou o ângulo e impediu que o Figueira marcasse o único gol da partida.

Gazeta Esportiva

Publicidade