Florianópolis terá voos charter do Chile em janeiro e fevereiro

Publicidade

A Secretaria de Turismo de Florianópolis, em parceria com a Embratur e o trade turístico, vem trabalhando na divulgação do destino com foco nos países da América Latina em 2015. Na última semana, a companhia aérea LATAM comunicou durante o lançamento da campanha de verão do Brasil, no Chile, que disponibilizará voos charter para Florianópolis, com três saídas durante o mês de janeiro e quatro em fevereiro, sem contar as demais empresas aéreas.

Além da divulgação dos destinos brasileiros no Chile, com ênfase ao litoral, a campanha foi apresentada também na Argentina, Paraguai, Uruguai, Peru e Colômbia. Somente a demanda do Chile para o Brasil cresceu 38%, conforme publicado no site da Embratur. A expectativa da instituição é que haja um incremento total de 30% na vinda de turistas para Santa Catarina.

Continua após a publicidade

“Durante todo o ano, Florianópolis foi divulgada em todas as suas potencialidades, como a gastronomia, o ecoturismo, os esportes náuticos, sol e mar, nas feiras e rodadas de negócios em que passamos. Não tenho dúvidas de que com a alta do dólar haverá um fluxo maior de visitantes dentro do próprio país, além daqueles que vêm dos nossos países vizinhos”, destacou a secretária municipal de Turismo, Zena Becker.

No primeiro semestre de 2015, a Diretoria de Marketing da Setur divulgou Florianópolis na BTL (Portugal), no 21º Salão Paranaense de Turismo (Paraná), na IGLTA (EUA), BNT Mercosul (Itajaí), Encatho (Florianópolis), Mostra Viajar (São Paulo), Fimar (Florianópolis) e no Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu (Paraná).

Já no segundo semestre, nossos atrativos e o contato com os agentes e operadores de turismo foi intensificado na AVIRRP (São Paulo), Centro Oeste Tur (Brasília), 6º Workshop Brasil Destino Sensacional (Lima/Peru – Assunção/Paraguai), Fit Argentina (Argentina) e Feira Internacional de Turismo – Festuris (Rio Grande do Sul).

Chile

Segundo o periódico La Tercera, do Chile, o câmbio monetário favorável e as melhorias em conectividade aérea intensificaram as buscas dos chilenos pelos destinos brasileiros e Florianópolis, após o anúncio da LATAM.

De acordo com a secretária geral da Associação de Empresa de Turismo (Achet) do Chile, Lorena Arriagada, “estamos vendo muita procura de clientes para viajar para o Brasil, além de um aumento, no primeiro semestre, da média dos dias de estada, de 9,4 para 10,6, o que é animador. Há um ano e meio o real estava muito caro, Brasil era um destino caro para muitos. Hoje, não”, frisou ela.

A informação é da assessoria.

Publicidade