Grande Florianópolis ganha novo cemitério com capacidade para 5 mil jazigos

Publicidade
Localizado em Águas Mornas, o Cemitério Parque da Colina terá 54.463 m²
Localizado em Águas Mornas, o Cemitério Parque da Colina terá 54.463 m²

Florianópolis é a capital do Sul e Sudeste do Brasil que mais cresceu em 2016, segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, com um aumento de 1,73%, enquanto que o Brasil cresceu 0,80%. A região da Grande Florianópolis atrai pessoas em busca de melhor qualidade de vida, com seu IDH – Índice de Desenvolvimento Humano maior que as principais capitais do País. O resultado disso é uma população de 1.131.981 de habitantes, atualmente.

Se levarmos em consideração a estimativa de óbitos para este ano, de 10.187, e as vagas nos cemitérios, que somam apenas 815, percebemos um alarmante problema. Nenhum cemitério foi construído na Grande Florianópolis nos últimos 20 anos e os cemitérios públicos estão praticamente todos lotados, fato que vem sendo noticiado constantemente nos jornais. O lançamento do Cemitério Parque da Colina vem em um momento propício, quando a situação se torna emergencial e calamitosa.

Continua após a publicidade

Construído em uma área de 54.463 m², sendo 10.632 m² de preservação permanente, o Parque da Colina é cercado pela natureza, com vista para a Serra do Tabuleiro e um paisagismo composto por praças, quiosques, alamedas, horto botânico e jardim sensorial com fontes e trilhas. “É cientificamente comprovado que o contato com a terra, a água, o verde e o ar puro colabora diretamente com a cura das dores da alma. Foi pensando nisso que o Parque da Colina foi projetado, para ser uma terapia a céu aberto, um lugar onde as pessoas se sintam bem no momento mais difícil da vida, que é dar adeus a um ente querido”, destaca Silvio Elias Saad, diretor do empreendimento.

Além de proporcionar o contato direto com a natureza, o cemitério investe em tecnologia de ponta para a segurança e conforto dos clientes, com infraestrutura e serviços exclusivos para prestar auxílio personalizado às famílias enlutadas. Com capacidade para 5.000 jazigos, o Parque da Colina contará com capela ecumênica, salas de velório, funerária, floricultura, cafeteria, brinquedoteca, salas de descanso, salas Hight-Tech, apoio psicológico, estacionamento, carros elétricos para portadores de necessidades especiais e portaria 24 horas.

Localizado em Águas Mornas, com acesso pela BR-282, o Parque da Colina fica a menos de 30 minutos da Capital, podendo atender a população no entorno de até 50 km, ou seja, toda a Grande Florianópolis. A inauguração está prevista para janeiro de 2017, mas o lançamento oferece condições especiais de pagamento.

Amarante Comunicação

Publicidade