Grêmio leva 3 na Arena e Diego Souza do Sport sai aplaudido

Publicidade

Apenas um dos times em campo nesta segunda-feira (07) estava interessado na vitória pela 34ª rodada do Brasileirão. E foi quem a conquistou. O Sport, na luta contra o rebaixamento, fez 3 a 0 com direito dois a golaços e aplausos da torcida do Grêmio. O Tricolor, por sua vez, mostrou que se interessa mesmo é com a final da Copa do Brasil.

Os jogos contra o Atlético-MG são apenas em 23 e 30 deste mês. Mas o reflexo de estar na final já foi facilmente visto em campo. Um time que preservou quatro jogadores e esteve pouco empenhado em conseguir algo melhor acabou gerando reclamações dos presentes.

Continua após a publicidade

Do outro lado, o Sport foi empenhado. Criou mais desde o começo do jogo e foi premiado com dois golaços. O primeiro de Diego Souza, que bateu forte de fora da área e venceu Grohe. Foi aplaudido pelos torcedores presentes. O segundo de Rogério, após cruzamento. No fim do jogo, Diego Souza ainda fez mais um.

O Grêmio poderia ter entrado no G-6 com vitória, mas perdeu e segue fora. Já o Sport abriu cinco pontos em relação ao Internacional, primeiro clube na zona de rebaixamento e tradicional rival do Tricolor.

Diego Souza: aplaudido pela torcida do Grêmio
Diego Souza: aplaudido pela torcida do Grêmio

Diego Souza faz dois golaços

No último minuto do segundo tempo e no primeiro minuto do segundo tempo. Foram as marcas extremas de jogo que deram ao torcedor presente na Arena as melhores ações da partida desta segunda-feira. O problema é que foram dos visitantes. Diego Souza dominou e bateu da entrada da área. Um golaço aplaudido pelos presentes, ainda na etapa inicial. E no segundo tempo, um cruzamento da direita foi aparado de primeira por Rogério. Mais uma pancada que venceu Marcelo Grohe e foi o segundo golaço dos visitantes. Desta vez sem aplausos.

Grêmio quer saber é da Copa do Brasil

O Grêmio não está muito empenhado no Brasileirão. Preservou quatro jogadores da partida contra o Sport, nesta segunda-feira, e pouco mostrou-se interessado em vencer. Foi pressionado em alguns momentos do jogo e esteve perto de sofrer o gol. Quando chegou ao ataque, não conseguiu criar o suficiente, tanto que Renato Gaúcho mandou todos os suplentes para o aquecimento antes dos 40 minutos do primeiro tempo. E trocou logo dois no intervalo. O clima de ‘tanto faz’ também chegou aos torcedores, que estiveram em número reduzido no estádio azul, branco e preto.

 

Publicidade