Grêmio sonda Dátolo e o alto salário ‘assusta’

Publicidade

Marcus Alves – ESPN

Mesmo com a derrota para o Sport, na última rodada, o Grêmio segue firme em seu planejamento para a Libertadores do ano que vem. Um dos atletas que teve a sua situação levantada recentemente pela diretoria tricolor foi o meia Dátolo, que brilhou no fim de semana ao marcar o gol da vitória de 1 a 0 do Atlético-MG sobre o Figueirense e adiar o título do Corinthians. O atacante Rafael Marques, cujo empréstimo ao Palmeiras se encerra no fim da temporada, também faz parte da lista de reforços.

Continua após a publicidade

A princípio, o time comandado por Roger Machado classifica como “proibitivo” o salário de cerca de R$ 250 mil recebido por Dátolo no Atlético-MG. Além disso, o meio-campista de 31 anos carrega acordo até o fim de 2016 e não teria a sua saída facilitada na Cidade do Galo. Ele chegou a se desentender com o técnico Levir Culpi por conta de sua posicionamento em campo, porém, teve a sua situação resolvida. Esse é um dos motivos que fez o Santos também desanimar após indicação de Dorival Júnior para a próxima temporada.

O Grêmio está próximo de acertar a renovação de Douglas em um contrato de um ano por produtividade prorrogável por mais outro, porém, pretende trazer outra peça para o seu meio-campo. Em caso de fracasso com Dátolo, os dirigentes tricolores cogitam investir em Nenê, do Vasco.

O camisa 10 do Galo já atuou no rival Internacional, entre 2012 e 2013, e não deixou saudades. Ele é hoje um dos destaques da campanha do Atlético em sua campanha no Brasileiro, balançando as redes seis vezes e distribuindo quatro assistências.

Dátolo na jogada que acabou no gol do Atlético contra o Figueirense (Foto: Gazeta Press)
Dátolo na jogada que acabou no gol do Atlético contra o Figueirense (Foto: Gazeta Press)
Publicidade