Grupo organiza ‘farofaço’ em Palmas contra taxa ambiental

Publicidade

Internautas começaram a preparar um “farofaço” na Praia da Palmas, em Governador Celso Ramos, em forma de protesto contra o projeto para implantar a Taxa de Preservação Ambiental (TAP) no município. O encontro está sendo organizado pela página “Fl0r1p4 m1l gr4u” , marcado para o último domingo de novembro, dia 27.

Raça! Vamos aproveitar enquanto a farofada ta liberada, porque daqui a pouco vamos ter que pagar pedágio. Então prepare seu rango, bota tudo numas cambuca, enche teu isopor de gelada e partiu pra Governador Celso Ramos pegar uma praia. Não esqueça as suas garrafas pets e os pacotes de bolacha“, diz a página.

Continua após a publicidade

juliano-e-os-farofeirosO termo “farofaço” faz referência a um comentário do prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSD), que respondeu a um internauta no Facebook dizendo que o turismo local não precisava de “farofeiros”. “Precisamos de qualidade e não de quantidade”.

A polêmica está formada em torno do projeto de cobrança da TAP, que está tramitando no Poder Legislativo daquele município. O prefeito explicou que a taxa será cobrada através da identificação das placas dos veículos. Para motocicletas, o valor será de R$ 10;  automóveis, R$ 25;  van, R$ 35; micro-ônibus, R$ 50; caminhão, R$ 100; e ônibus, R$ 150.

Leia também:

Governador Celso Ramos terá Taxa de Preservação Ambiental

Coluna Entrelinhas: Juliano, o paraíso e o pedágio

“Os turistas pagarão uma única vez ao entrar e sair do município, não importando a quantidade de dias que os veranistas fiquem aqui em nossas praias”, informou Juliano. Assim, se uma família entrar de carro em Governador Celso Ramos e ficar sem sair de lá por uma semana ou 15 dias, por exemplo, pagará a TAP apenas uma vez. Contudo, se nesse período o veículo em questão sair e voltar, pagará novamente.

Após a lei ser sancionada, o prefeito vai abrir um edital para licitar uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Após todos os trâmites legais, a contratada instalará equipamentos de monitoramento  – conectados a um sistema que identifica as placas dos veículos circulando no município.

Juliano já adiantou que, além da SC-410 (que dá acesso à sede de Governador Celso Ramos) e da Avenida Papenborg (que liga a BR-101 à via costeira), os equipamentos serão instalados em vários pontos da cidade.

Atualizada às 18h15

Publicidade