Iniciam as aulas dos Guardiões Ambientais de Biguaçu

Publicidade

Secom

Na tarde desta quarta-feira (13/05), a Prefeitura de Biguaçu, através da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Famabi) e Secretaria de Educação, deram início ao projeto de ambiental, onde uma turma composta de 39 adolescentes com idade entre 11 e 14 anos passam a ser os Guardiões Ambientais do município. A aula inaugural aconteceu no salão da Igreja Matriz, e integra a programação especial do aniversário de 182 anos do município, comemorado no dia 17.

Continua após a publicidade

Durante a aula ministrada pelo prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger, foram explicados diversos motivos diários que podem ser realizados por qualquer cidadão que acaba tornando nossas vidas melhores e ajudando na preservação do meio ambiente.

O projeto Guardião Ambiental tem como objetivo a formação de multiplicadores para as ações de educação ambiental, e diferente do projeto Protetor Ambiental Mirim, promovido pela Polícia Militar Ambiental nos anos anteriores, será uma realização da Prefeitura. Os participantes são alunos das escolas municipais, escolhidos através de um processo seletivo de conhecimentos gerais sobre meio ambiente, aplicado no mês de abril nas unidades de ensino.

O curso é gratuito e terá 6 meses de duração com encontros às terças-feiras no período vespertino. Entre as atividades estão aulas teóricas e práticas, com saídas a campo uma vez por mês.

Durante o curso os alunos terão acesso a uma ampla aprendizagem sobre assuntos relacionados ao meio ambiente, uniformes especiais, ações ambientais com servidores da Famabi e da Secretaria de Educação, viagens de estudos, participação em eventos e exposições ambientais e possibilidade de conhecimento sobre futura profissão da área ambiental (biólogo, geógrafo, professor, guia turístico etc).

Meio ambiente e cidadania

Aula inaugural foi ministrada pelo prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger - Foto Pedro Costa SECOMO prefeito Ramon Wollinger destacou que “é muito importante aprendermos desde cedo sobre a educação ambiental e multiplicar tudo o que aprendemos durante o curso. Pensando e absorvendo estas informações sobre o meio ambiente, podemos realizar ações para a preservação da nossa natureza e garantir uma melhor qualidade de vida no nosso futuro e com a preservação sustentável dos recursos naturais.

A superintendente da Famabi, Andréa Felipe, tratou sobre diversos temas para todos os presentes, entre eles:

1. Consciente da importância do desenvolvimento das ações de educação ambiental, e como a Famabi tem investido em trabalhos voltados para a sociedade e para o meio ambiente.

2. Sobre o projeto Guardião Ambiental que tem por finalidade aproximar a Famabi das novas gerações, fomentando a prevenção de ilícitos ambientais.

3. O projeto Guardião Ambiental visando resgatar valores e fortalecer o espirito de união entre os integrantes do projeto, além de difundir a educação ambiental, pois o conhecimento proporciona mudança de comportamento, e habilita os jovens a exercerem a cidadania na sua plenitude.

Para a secretária de Educação, Márcia de Azevedo, “com o Guardião Ambiental acredito que isso já se tornará um projeto que irá fazer diferença no futuro, nas mudanças de atitude e no respeito ao meio ambiente. São aulas de conscientização que os educandos participam promovendo uma reflexão sobre ações que podem ser realizadas em nosso dia a dia para salvar a natureza”.

Os monitores do projeto serão a engenheira ambiental Isabel Medeiros, o fiscal ambiental Cesar Augusto Silva, ambos da Famabi, e a gerente da Secretaria de Educação, Alice Borba.

O projeto Guardião Ambiental conta com o patrocínio do grupo Ábaco Deltaville, construtora Spíndola e distribuidora Distlé, além do apoio da empresa Morgana Frangos e da Univali.

A presidente da Câmara de Vereadores de Biguaçu, Salete Cardoso, parabenizou o projeto do Poder Executivo e relatou que “todo esse trabalho feito neste momento, com certeza vamos colher frutos muito bom no futuro. Se cada Guardião Ambiental transmitirem o ensinamento aos pais, familiares, amigos e conhecidos, todos terão a incumbência de cuidar no nosso ambiente e município e saberão realizar este belo ato.

Também presentes na aula inaugural os secretários municipais, Karoline Wollinger, Governo, Gabriel Loef, Relações Institucionais, Obras, Fernando Duarte, Lédio Gerhardt, Orçamento Participativo, e os vereadores Douglas Borba, André Clementino, Vilson Norberto Alves e Ednei Muller.

Publicidade