Integrante de quadrilha que planejava matar juiz em Santa Catarina é preso após investigação

Publicidade

Após investigações e diligências conjuntas entre a Delegacia de Combate ao Crime Organizado de Florianópolis (DECRIM/PCSC) da Polícia Civil e o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (NIS/TJSC), foi preso, nesta quinta-feira (2), em Ponta Grossa/PR, um foragido da Justiça, integrante de uma das facções criminosas atuantes no Estado de Santa Catarina, conhecida pela violência empregada em suas ações.

O criminoso é suspeito de participar da organização de um atentado contra a vida de um magistrado catarinense em razão de suas funções, razão que rendeu ensejo à atuação do NIS/TJSC.

Continua após a publicidade

Segundo o desembargador Sidney Eloy Dalabrida, coordenador do NIS/TJSC, a unidade monitora permanentemente, inclusive por meio de interação com as demais agências de inteligência, as ações relacionadas à criminalidade faccionada a fim de identificar a existência de movimentos que exprimam risco concreto contra magistrados e servidores do Poder Judiciário Catarinense.

(Fonte: Assessoria de Comunicação do TJSC)

Publicidade