Juiz aprova contas dos três prefeitos eleitos na Comarca

Publicidade

O juiz da 2ª Zona Eleitoral, Welton Rübenich, aprovou, nesta quarta-feira, as contas de campanha dos prefeitos eleitos de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD); de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSD); e de Antônio Carlos, Geraldo Pauli (PMDB), com seus respectivos vices. As sentenças foram publicadas agora à noite, no mural do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Pareceres técnicos de um analista do TRE havia recomendado a reprovação dos balancetes apresentados pelos três prefeitos, caso não fossem sanadas pequenas divergências de informações. Notificados, todos anexaram os documentos solicitados, eliminando qualquer dúvida com relação às doações eleitorais e às despesas feitas durante o pleito.

Continua após a publicidade

O magistrado também publicou hoje as aprovações, sem ressalvas, das contas dos seguintes vereadores eleitos em Biguaçu: Salete Orlandina Cardoso (PR), Ângelo Ramos Vieira (PSD), Douglas Borba (PP), Manoel Airton Pereira (PP), Elson João da Silva (PSD), Ednei Müller Coelho (DEM), Adriano Luiz Vicente (PSD), Marconi Kirch (DEM) e Fernando Duarte (PP).

Os salários do prefeito, vice-prefeito e vereadores de Biguaçu a partir de 2017

Tiveram as contas aprovadas, porém, com ressalvas (quando fica alguma irregularidade, mas que não enseja reprovação), os vereadores: Magali Eliane Pereira Prazeres (PMDB), João Domingos Zimmermann (PMDB), e Nei Cláudio da Cunha (PPS).

Já os balancetes dos vereadores Ricardo Mauri (PPS), Manoel José de Andrade (PMDB), e Salmir da Silva (PMDB) foram aprovados na data de ontem (22), sem ressalvas.

Veja aqui a sentença que aprova as contas de Ramon e Vilson

Veja aqui a sentença que aprova as contas de Juliano e Augusto

Veja aqui a sentença que aprova as contas de Geraldo e Onélio

Publicidade