Justiça de SC condena nove ladrões de banco a pena somada de 260 anos de prisão

Publicidade

A Justiça de Santa Catarina condenou nove pessoas pelo roubo banco Bradesco de Ascurra, que ocorreu no dia 17 de dezembro de 2019. As penas somadas ultrapassam 260 anos de prisão. A sentença foi proferida na sexta-feira (30) pelo juízo criminal da Comarca de Ascurra.

Os condenados foram investigados na Operação “Saque-recusado” da Polícia Civil daquela Comarca, com o apoio da Delegacia de Indaial, das Divisões de Investigação Criminal (DICs) de Blumenau e de Chapecó, além do SAERFron e do DEAP.

Continua após a publicidade

Os condenados, com a exceção de um deles, estão presos preventivamente.

Publicidade