Líder em todas as pesquisas, Dilma perde eleição para Senado em Minas Gerais

Publicidade
Foto: Cristiane Mattos/O Tempo / Estadão Conteúdo

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) não conseguiu se eleger para uma vaga no Senado em Minas Gerais. Após ter liderado todas as pesquisas, a petista ocupa apenas a quarta colocação, com 15,06% dos votos.

Até o momento, 95% das seções já foram apuradas. Os candidatos que ocupam as duas vagas mineiras no Senado são Rodrigo Pacheco (DEM) e Carlos Viana (PHS), que têm pouco mais de 20% cada um. Dinis Pinheiro (Solidariedade) é o terceiro colocado, com 18,45%.

Continua após a publicidade

Dilma sofreu um impeachment em 2016 e apostava nas eleições ao Senado para voltar ao cenário político. Apesar de mineira de nascimento, a ex-presidente passa a maior parte do tempo no Rio Grande do Sul.

Terra

Publicidade