Litoral catarinense pode registrar temperatura mínima de zero grau

Publicidade

Santa Catarina terá um declínio acentuado da temperatura a partir da tarde desta quarta-feira (3), e frio intenso no período entre quinta-feira (4) e domingo (7), devido à entrada e atuação de uma massa de ar polar. Segundo comunicado emitido nesta terça-feira (2) pela Epagri/Ciram, no Litoral, a mínima deverá ficar entre 0°C a 6°C no período noturno e amanhecer. 

Já nas áreas altas do Planalto Sul (Urupema, Urubici e Bom Jardim da Serra) o frio poderá chegar a -7°C (negativo). No período noturno e amanhecer, condição de geada ampla no estado. Na noite de sexta-feira (5) e madrugada de sábado (6), o frio intenso e a elevada umidade do ar favorecem a condição de neve nas áreas altas do Planalto Sul.

Continua após a publicidade

O frio só perderá força na segunda-feira (8), em todas as regiões do Estado. Durante o período, a Defesa Civil recomenda atenção com população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. Além disso, abrigar animais domésticos nas noites mais frias.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em virtude das doenças causadas pelo frio (gripe, resfriados, pneumonia, meningite) é essencial tomar medidas simples como manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos. Essas medidas são de grande valia na prevenção destas doenças, ressaltando que crianças e pessoas idosas são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio e devem estar mais atentas.

Em Biguaçu, previsão de 4ºC no amanhecer de domingo (Fonte: Clima Tempo)

A Defesa Civil também adverte aos agricultores para a tomada de medidas preventivas com a geada. Nas rodovias, o alerta é para o tráfego em áreas serranas, porque há risco de gelo na pista.Evite acelerar e desacelerar bruscamente, mantenha uma distância segura do carro a sua frente e tente antecipar a necessidade de parar o carro para evitar usar os freios.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

Publicidade