Mais de 5 milhões de turistas já passaram por santa Catarina nesta temporada

Publicidade

Um balanço parcial da temporada de verão aponta para uma temporada movimentada em Santa Catarina. Segundo dados do Governo do Estado, até o momento, circularam pelo estado cerca de 5,5 milhões de turistas, incluindo catarinenses, estrangeiros e pessoas de outros estados do Brasil. A Operação Veraneio registrou 39 mil ocorrências policiais, de dezembro de 2015 a janeiro de 2016, 4,5% a menos em relação ao ano passado, e 177 afogamentos em água doce e salgada.

Os turistas estrangeiros são, principalmente, da Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai. Já os nacionais são do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Eles são os responsáveis pela ocupação hoteleira do Litoral entre 80% e 100%, em média. Somente no Réveillon, a ocupação chegou a 97% e, ao longo de janeiro, a média foi de 85%.

Continua após a publicidade

Na Serra, a ocupação foi de quase 100% na rede hoteleira nas festas de fim de ano, com destaque para a presença de norte-americanos e alemães. Em janeiro, a média chegou a 70%. Na região de águas termais, a exemplo de Piratuba e Itá, que foram grandes destaques na ocupação, com 100% nas duas primeiras semanas de janeiro.

“O que faz de Santa Catarina um estado tão especial é o conjunto formado pelas belezas naturais, variedade cultural e as diferentes experiências proporcionadas aos turistas. Este ano, todas as regiões turísticas do Estado estão recebendo um grande número de visitantes que estão curiosos para conhecer toda essa riqueza. Por isso, consideramos essa temporada um sucesso”, afirma o secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello.

Abastecimento de água

O consumo de água no período entre o Natal e Ano-Novo aumentou em 30% em toda a Ilha de Santa Catarina, chegando a 80% somente na costa norte de Florianópolis. Segundo o presidente da Casan, Valter Gallina, esse consumo se manteve até o final de janeiro. “No Réveillon 2014/2015, o consumo era de 1.050 litros por segundo e, nessa temporada, chegamos a 1400, o que se mantém até hoje”, explicou.
Balneabilidade

As análises da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) em 211 locais são feitas semanalmente durante a temporada de verão. Segundo o último relatório emitido pelo órgão nesta sexta-feira, 5 de fevereiro, 123 pontos analisados estão próprios para banho. Em Florianópolis, 41 estão em boas condições para banho e 34 estão impróprios. Nas demais regiões do Litoral, 82 estão próprios e 54 pontos devem ser evitados pelos banhistas. As análises foram feitas nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro. Este é o quinto relatório de 2016 e sétimo da temporada.

O diretor de Proteção dos Ecossistemas, Márcio Luiz Alves, explicou que os valores se mantêm durante essa época do ano. “No verão temos esse cenário tradicionalmente e em outras épocas do ano, há uma melhora devido ao menor número de chuvas e de turistas”.

Assessoria

Publicidade