Médico é encontrado morto em Balneário Camboriú com suspeita de overdose

Publicidade

O Sol Diário  

O médico Munir Faker Junior, 34 anos, foi encontrado morto na tarde de quarta-feira em Balneário Camboriú. No local, a Polícia Civil encontrou medicamentos, líquidos e outras substâncias. O Samu foi acionado e constatou a morte.

Continua após a publicidade

O corpo foi encontrado às 17h15 em um apartamento na Rua João Francisco dos Santos, no bairro Pioneiros. Um boletim de ocorrência foi registrado relatando o ocorrido.

O delegado responsável pelo caso, Márcio Colatto, informou que vai instaurar inquérito para apurar as circunstâncias da morte. Algumas testemunhas também foram ouvidas pela polícia.

— Vamos aguardar os laudos do IML para saber a causa da morte e se havia alguma substância no corpo. Há a suspeita de overdose ou alucinação produzida pelo uso de alguma droga — explica.

O corpo está sendo velado no crematório Vaticano em Balneário Camboriú e a cerimônia de cremação será às 21h. Munir era natural de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Publicidade