Meses da colheita da maçã movimentam turismo em Santa Catarina

Publicidade

Raquel Santi / Assessoria de Imprensa SOL

Localizada na região turística do Vale do Contestado, Fraiburgo, com 36 mil habitantes, é nacionalmente conhecida por conta de sua tradição no plantio da maçã. Além de movimentar a economia local, a colheita da fruta, realizada de janeiro a maio, é responsável por atrair cerca de 10 mil turistas por ano.

Continua após a publicidade

Toda a área urbana da cidade é cercada por pomares que reúnem quase sete milhões de macieiras. Neste ano, a expectativa de colheita é de 190 mil toneladas. Em Santa Catarina, Fraiburgo é a segunda maior produtor da fruta, atrás apenas de São Joaquim.

Além da visita às plantações, os turistas podem conhecer a Floresta René Frey, área de preservação com 50 hectares de mata nativa que inclui um minizoo com cervos e emas. No local, o turista pode participar ainda do passeio de jipe por caminhos alagados, visitar a capela ecumênica e as trilhas com árvores centenárias. Os agendamentos dos passeios podem ser feitos na Casa do Turista ou pelo telefone (49) 3246-2352.

Um dos símbolos da cidade é o Castelinho, construção com 300m² e arquitetura inspirada na Normandia. A obra foi erguida da década de 1960 para a esposa do agrônomo francês Roger Biau, responsável por desenvolver a cultura da maçã na região.

Outro destaque é a Casa da Cultura Lydia Frey, antiga residência de uma das famílias fundadoras da cidade. Doada ao município, foi transformada em museu, com documentos e fotos históricas. Os visitantes podem ainda conhecer o Parque da Maçã, a Casa do Artesão, o Santuário Diocesano Nossa Senhora de Fátima, a Praça Maria Frey e o Museu do Contestado.

Publicidade