Morre o empresário Paulo Olavo Koerich

Publicidade

O empresário Paulo Olavo Koerich, de 90 anos, filho mais velho do patriarca Eugênio Raulino Koerich, morreu na madrugada desta sexta (11), no hospital Baía Sul, em Florianópolis.  Ele sofreu um ferimento na cabeça durante uma queda em sua casa, foi hospitalizado, mas entrou em coma e não resistiu.

A família é proprietária da rede Lojas Koerich, construtora Zita, construtora Koerich, construtora Kilar e WOA, entre outros negócios.

Continua após a publicidade

Durante muitos anos, Paulo liderou a equipe do armazém Koerich em Colônia Santana, no município de São José. Em 1970 a família se transferiu para a Capital. Sua última atividade foi em 2002 (aos 77 anos), com as vendas na Koerich Alta Classe – loja de móveis de luxo na rua Victor Konder.

Ramon lamenta

O prefeito licenciado de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD), lamentou, com pesar, o falecimento de Paulo Olavo Koerich. O grupo da família está construindo um Centro de Distribuição no município, com investimento de R$ 30 milhões, e que vai gerar cerca de 600 empregos diretos.

“Recebo com pesar essa informação e emito minhas condolências à família, que com o empreendedorismo e liderança de seu Paulo Olavo Koerich gerou muitos empregos e renda na região metropolitana de Florianópolis”, comentou.

Foto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Carlos Eugênio Koerich, conhecido como Gunga, é um dos 11 filhos deixados por Paulo e atualmente administra a construtora Kilar, onde seu pai atuou mais ativamente em seus últimos anos de trabalho.

“Ele sempre foi muito ativo, começou a trabalhar ainda adolescente com o meu avô. Depois da cisão do grupo, logo após a construção do Beiramar Shopping, meu pai acabou ficando com a administração da Kilar, onde hoje atuo”, disse.

Além dos filhos, Paulo também deixa 30 netos e 26 bisnetos.

*As informações são do Notícias do Dia

Publicidade