Motoristas de ônibus da Grande Florianópolis paralisam atividades

Publicidade
Foto: Gustavo Amorim

Os motoristas e cobradores de ônibus da Grande Florianópolis iniciam uma paralisação de suas atividades nesta terça-feira a partir das 8h. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis (Sintraturb), eles cruzam os braços em apoio aos caminhoneiros. Conforme o sindicato, haverá uma assembleia às 8h30 para debater sobre a manifestação e definir as pautas.

Continua após a publicidade

De acordo com o diretor do Sintraturb, Deonisio Linder, um dos motivos de fazer essa paralisação é o funcionamento do transporte coletivo da região metropolitana nos dias úteis usando a tabela de horário de sábado. Isso acaba sobrecarregando as linhas.

“Não dá de a população ficar sendo transportada dentro da tabela de sábado, com ônibus superlotados, com cinco ou seis horários caber dentro de um ônibus só, a população e nós motoristas e cobradores sofrendo com isso para os patrões ganharem mais dinheiro”, argumentou Linder.

A paralisação do transporte público irá agravar ainda mais o já caótico cenário provocado pela greve dos caminhoneiros, que já chegou ao 8º dia. Praticamente todos os postos de combustíveis da região estão sem combustíveis e os proprietários de automóveis não têm gasolina para se dirigirem aos seus locais de trabalho. A falta dos meios de transporte também afeta os serviços públicos, já que grande parte dos servidores dos municípios e do Estado usam coletivos para ir trabalhar.

Publicidade