Movimento no Mercado Público de Florianópolis é o maior já registrado

Publicidade
Foto: Petra Mafalda/PMF

Entregue há dois dias à população, totalmente restaurado, o Mercado Público de Florianópolis tem apresentado uma movimentação que impressiona os comerciantes. Há anos, segundo eles, talvez frequência só era registrada durante a Semana Santa.

E a movimentação não é sem motivo. Com melhor infraestrutura, higiene, programação cultural e 53 segmentos comerciais diferentes, o Mercado continua oferecendo produtos e serviços que cabem no bolso de todos. Antes da licitação, tinha apenas dez segmentos comerciais e poucas opções aos clientes.

Continua após a publicidade

Na Ala Norte, 68% dos boxes eram apenas de calçados. Hoje, com o novo mix, o número de segmentos passou para 53 e há apenas nove lojas de calçados. Há o diferencial, como produtos naturais e orgânicos, sorvetes artesanais, gelatos italianos, carnes exóticas e há também o popular, com 13 peixarias, as velhas conhecidas da clientela, oferecendo peixe a preço popular. Há ainda costureira, sapateiro, loja de embalagens e lancherias.

“Está maravilhoso, tem opção para todo mundo, não há do que reclamar”, afirmou Lúcia Furtado, turista de Fortaleza.

Desde a reabertura, o queridinho do público, o mais pedido, é o copo de chope, de marcas nobres, extremamente gelado e com preço justo: R$ 6 a R$ 7. E que pode vir acompanhado de um escondido de camarão, a R$ 12. “Lindo, limpo e com preço bom, só alegria”, diz a aposentada Marlene Barbosa, 68 anos.

Publicidade