Biguaçu fortalece campanha contra o câncer infanto juvenil e de próstata

Publicidade

A Prefeitura de Biguaçu e a Associação dos Voluntários do Hospital Infantil Joana de Gusmão (Avos) realizaram, nessa sexta-feira (18), o evento Novembro Dourado e Azul, em alusão ao Dia Nacional e Municipal de Combate ao Câncer Infanto-juvenil – que é em 23 de novembro.

As cores fazem referência às lutas contra o câncer infanto-juvenil (dourado) e de próstata (azul). Biguaçu foi o primeiro município catarinense a instituir a data em seu calendário oficial.

Continua após a publicidade

O evento teve início com uma caminhada, que partiu da frente do Mercado Público Municipal, se estendendo durante todo o dia, com atividades de prevenção e apresentações culturais na Praça Nereu Ramos. O objetivo é alertar as famílias para que fiquem atentas aos primeiros sinais da doença, aumentando as chances de cura, bem como chamar a atenção dos homens para que façam seus exames, prevenindo o câncer de próstata. A ação contou com o apoio das Secretarias Municipais de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer (Secetul), de Educação e de Saúde, além da Câmara de Vereadores.

Estiveram presentes o prefeito em exercício, Vilson Norberto Alves, o prefeito licenciado, Ramon Wollinger, o vice-presidente da Câmara Municipal, Ednei Müller Coelho, a presidente da Avos, Maria Gertrudes da Luz Gomes, a voluntária da entidade, Zélia Maria Silva Rocha, além de vereadores, alunos e professores das redes municipal e estadual, colégios particulares e da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

A lei municipal nº 2.289/210, que estabelece o Dia Municipal de Combate ao Câncer Infantojuvenil, foi proposta pela vereadora Salete Cardoso e sancionada pelo então prefeito José Castelo Deschamps.

A presidente da Avos, Maria Gertrudes, parabenizou Biguaçu pela iniciativa “para chamar a atenção e esclarecer as pessoas para que busquem atendimento logo nos primeiros sintomas, fazendo exames periódicos, com foco na prevenção. Todos os anos a média registrada no Hospital Infantil é de 100 novos casos, por isso as famílias precisam estar atentas”.

Campanha

Durante o evento foram arrecadados brinquedos e alimentos para a campanha Natal Solidário da Avos, que mantém a Casa de Apoio Vovó Gertrudes. As instalações ficam em frente ao Hospital Infantil, no bairro Agronômica, em Florianópolis, destinada ao acolhimento de pacientes em tratamento e familiares.

Giselle Maidl, mãe do paciente Rafael Anderson Kair, de 12 anos, fez um depoimento sobre a luta contra a leucemia. Rafael está à espera de um doador de medula óssea compatível. Para ajudar, basta ir ao Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) e retirar uma pequena quantidade de sangue, cerca de 5 ml. O Hemosc fica localizado na Avenida Othon Gama D’Eça, nº 756, no Centro de Florianópolis.

Sintomas

Fique atento se seu filho apresentar os seguintes sintomas e busque atendimento médico:

– Dores de cabeça pela manhã e vômito;

– Caroços no pescoço, nas axilas e na virilha, ínguas que não desaparecem

– Dores nas pernas que não passam e atrapalham as atividades das crianças;

– Manchas arroxeadas na pele, como hematomas ou pintinhas vermelhas;

– Aumento de tamanho de barriga;

– Brilho branco em um ou nos dois olhos quando a criança sai em fotografias com flash.

As informações são da Secom.

Publicidade