Operação em SC foca fiscalização de motos, ultrapassagens, consumo de álcool e velocidade

Publicidade

A Operação Rodovida 2015/2016, integrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e guardas municipais, prioriza a fiscalização de motocicletas, ultrapassagens indevidas, embriaguez ao volante e excesso de velocidade. “Analisando os dados de 2014 concluímos que 20% dos acidentes envolvem motos”, justificou Luiz Graziano, chefe de comunicação da PRF em Santa Catarina.

Ele acrescentou que esses acidentes foram responsáveis por 41% dos feridos graves, 36% dos feridos leves e 25% das mortes ocorridas nas rodovias federais no estado em 2014.

Continua após a publicidade

Segundo dados da PRF-SC, a cada 100 acidentes com motos são socorridos 25 feridos graves e 79 feridos leves e ocorrem 3,5 mortes. Já a cada 100 acidentes com automóveis são gerados 9,7 feridos graves, 37 feridos leves e 2,8 mortos.

“O acidente com moto é muito mais letal, até pela fragilidade do condutor e do passageiro”, disse Graziano, que alertou os motociclistas para trafegarem com documentos em dia, não usar chinelo ou capacete com a viseira aberta, não ultrapassar pela direita ou pelo acostamento e não transitar por passarelas.

A Operação Rodovida iniciou no último dia 11 e vai até 14 de fevereiro nas vias federais, estaduais e urbanas de Santa Catarina, coincidindo com o natal, reveillon e o carnaval, quando o consumo de álcool e o fluxo de automóveis e motos crescem em todo o estado. Graziano sugeriu aos motoristas que evitem o deslocamento no início e no final desses feriados.

“Programem a viagem para dias com menor fluxo e evitem viajar à noite, ainda que tenha menos filas”, ponderou o policial, que pediu o empenho de todos os agentes de trânsito. “Vamos fiscalizar essas condutas para reduzir o número de acidentes”, concluiu.

Saldo da Operação Rodovida em 2014

Em 2014, no período de 12 de dezembro a 15 de fevereiro, a PRF registrou nas rodovias federais do estado 3.465 acidentes, com 2.014 feridos e 84 mortes. Também foram flagrados 1.110 motoristas embriagados, sendo que 182 deles foram presos. Além disso, os policiais multaram 3.984 condutores que ultrapassaram em locais não permitidos.

Agência AL

Publicidade