Os salários do prefeito, vice-prefeito e vereadores de Biguaçu a partir de 2017

Publicidade
*Alexandre Alves
*Alexandre Alves

Coluna Entrelinhas 

O prefeito, vice-prefeito e vereadores de Biguaçu eleitos para o mandato entre 2017 e 2020 não terão reajuste de salários. A decisão foi tomada antes do pleito eleitoral, com o Poder Legislativo aprovando a manutenção dos atuais vencimentos.

Continua após a publicidade

A medida é acertada e um fator positivo em tempos de crise financeira. O município de Biguaçu vê sua arrecadação cair mês a mês e aumentar os salários iria na contramão da economia.

O atual salário de prefeito gira em torno de R$ 15 mil bruto (sem os descontos de INSS e IR). Já para o cargo de vice-prefeito e para a vereança os vencimentos são de aproximadamente R$ 9 mil brutos.

Enquanto isso, na Câmara de Florianópolis tramita o projeto de resolução que propõe aumento aos agentes políticos. Na Ilha, o texto poderá ser votado nesta segunda-feira, elevando o salário do futuro prefeito de R$ 25 mil para R$ 30 mil ao mês (cerca de 20%). Já os dos vereadores serão mantidos em R$ 15 mil, mas com possibilidade de aumento posterior, caso haja margem na folha dentro do limite de 60% dos vencimentos dos deputados estaduais.

Um reajuste nos subsídios para políticos no atual momento financeiro é uma vergonha para a classe. Ao tempo em que as prefeituras estão penando para manterem os serviços públicos, seus agentes abocanharem um aumento soa como deboche.

*Alexandre Alves é jornalista, editor da Coluna Entrelinhas e do Biguá News

Publicidade