Palmeiras comemora gol fora de casa como atalho para chegar à final

Publicidade

O Palmeiras sofreu a sua primeira derrota nesta Copa do Brasil, mas saiu contente. Por ter feito gol no Maracanã nesta noite, o time pode reverter a derrota por 2 a 1 para o Fluminense se vencer por 1 a 0 na próxima quarta-feira, no Palestra Itália. O raciocínio é de que o pênalti convertido por Zé Roberto virou atalho para a final.

“Fizemos um gol fora de casa que nos dá uma possibilidade muito grande de reverter o placar no segundo jogo”, disse Zé Roberto. “Fizemos um gol fora. Levamos a decisão para a nossa casa, está tudo aberto. Vencendo sem tomar gol, a gente passa. Diante do nosso torcedor, será uma guerra também”, concordou Lucas.

Continua após a publicidade

A lamentação fica pelo primeiro tempo, quando o Verdão pouco jogou e sofreu dois gols em falhas na bola parada. “Sabíamos que o Fluminense viria com tudo no primeiro tempo e deixamos um pouco a desejar. Nosso primeiro tempo foi ruim, sem aplicação”, analisou Zé Roberto.

Para o intervalo, Marcelo Oliveira sacou Victor Ramos, que perdeu todas as disputas contra Fred e já tinha cartão amarelo, e o inútil Andrei Girotto para colocar Jackson na zaga e Egídio na lateral esquerda, com o deslocamento de Zé Roberto para o meio-campo. O Palmeiras passou a ficar com a bola e balançou as redes com o pênalti sofrido e convertido pelo veterano.

“Para o segundo tempo, o treinador corrigiu alguns detalhes fez modificações que facilitaram bastante a posse de bola e nossa saída para o jogo. Tivemos a possibilidade de voltar com uma nova postura e criamos oportunidades”, falou Zé Roberto, simbolizando o ânimo do time. “A nossa torcida estará em massa e, com certeza, vai nos apoiar muito”, apontou Rafael Marques.

Palmeiras x Fluminense - Cesar Greco - Ag Palmeiras

Gazeta Esportiva

Publicidade