Período de Carnaval terá mobilizações sobre segurança no trânsito na capital

Publicidade

Florianópolis é a capital onde os motoristas mais admitem beber antes de dirigir, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde. Para reverter a situação, a Rede Vida no Trânsito (RVT), entidade voltada à conscientização da população sobre os riscos da mistura álcool e direção, prepara uma mobilização especialmente para os dias de Carnaval. A ação educativa, sob a forma de um bloco carnavalesco com minitrio elétrico, percorrerá as principais ruas da cidade nesta quinta-feira (4), realizando esquetes e distribuindo materiais informativos.

“Cansamos de contabilizar vítimas e, por isso, estamos indo para as ruas para levar informações e orientações que ajudem a reverter esse quadro trágico de acidentes”, destaca Pedro Paulo da Cruz, que representa o Instituto de Certificação e Estudos de Trânsito e Transporte (Icetran), uma das entidades que compõem a rede.

Continua após a publicidade

Dos 43 acidentes com óbitos registrados entre janeiro e outubro de 2015, 20 apresentaram associação ao álcool, segundo aponta o Relatório das Análises dos Desastres no Trânsito do Grupo de Informação e Análise da RVT. “As bebidas alcoólicas estão vinculadas à maioria dos casos de acidentes graves, por isso a importância de sensibilizar as pessoas sobre este tema”, destaca Sidnei Rocha, representante do Serviço Social do Transporte (Sest) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Trânsito (Senat) na RVT.

Atenção especial nas rodovias

A partir de sexta-feira, a Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina (PRF-SC) também deflagra uma operação especial nas rodovias que cortam o estado, que se estenderá até às 24h da próxima quarta-feira (10). Entre as principais ações programadas, estão a intensificação da fiscalização e a restrição nas vias de pista simples do tráfego de veículos de grande porte, tais como caminhões cegonha e bitrens.

A operação, segundo o inspetor Luiz Graziano, chefe de comunicação da PRF-SC, segue o modelo realizado em anos anteriores, com maior rigor na fiscalização, fato que acredita ser determinante para a diminuição do número de acidentes fatais. “Desde 2012, vem caindo o número de mortes nas rodovias durante os dias de carnaval e no ano passado chegamos a apenas três, por isso manteremos intenso o policiamento nestas datas”.

A maior preocupação da PRF durante o Carnaval, disse, está na BR 101, em função do grande deslocamento de veículos para o litoral, mas também nas BRs 470 e 282, que possuem pistas simples. Durante o período, valem os cuidados recomendados todo o ano. “Aconselhamos os motoristas que procurem viajar durante o dia, que mantenham os faróis do veículo acesos mesmo durante o dia, que respeitem os limites de velocidade e que todos os passageiros usem cinto de segurança. É fundamental ainda que os condutores não realizem ultrapassagens em locais proibidos e que não misturem bebidas alcoólicas e direção.”

Agência AL

Publicidade