Pesquisa para presidente mostra 2º turno entre Lula e Bolsonaro

Publicidade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP) lidera a corrida eleitoral para Presidência da República em todos os cenários analisados pela pesquisa CNT/MDA para 2018. Tanto no primeiro quanto no segundo turno, em pesquisa espontânea e estimulada, realizada em setembro, o petista é líder, de acordo com o levantamento divulgado nesta terça-feira (19).

O levantamento aponta uma consolidação de uma eventual disputa entre Lula e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no segundo turno. Os dois aparecem bem à frente de seus concorrentes, seja na pesquisa com estímulo (quando o entrevistador mostra uma lista de nomes ao entrevistado) ou na outra modalidade (quando o entrevistado diz em quem votaria, sem ver nenhum nome na lista).

Continua após a publicidade

Essa seria uma “disputa dos sonhos” entre a esquerda e parte da direita (a outra parte da direita é o PSDB, que ainda bate cabeça para definir entre Alckmin ou Dória). Os “lulistas” teriam a chance de derrotar a “onda Bolsonaro”, que os esquerdistas classificam como uma onda de discurso do ódio. Já os “bolsonaros” teriam oportunidade de vencer Lula e o PT, o que para eles seria o “sepultamento da esquerda no Brasil”, pois seu líder seria vencido nas urnas.

No entanto, Lula pode ser barrado das eleições de 2018, caso o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre, julgue seu recurso da condenação imposta pelo juiz federal Sergio Moro antes do registro da candidatura e mantenha a sentença de primeira instância.

A pesquisa

Na pesquisa estimulada, Lula tem 32,4% das intenções de voto. Nesse cenário, Bolsonaro  aparece com 19,8%; a ex-senadora Marina Silva tem 12,1%; o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PTB) tem 5,3%; e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) tem 3,2% das intenções de voto.

Se o nome do PSDB é governador de São Paulo Geraldo Alckmin e não Aécio, as intenções de voto passam a ser de 32% para Lula, 19,4% para Bolsonaro, 11,4% para Marina Silva, 8,7% para Alckmin e 4,6% para Ciro Gomes.

O terceiro cenário estimulado de primeiro turno põe o prefeito de São Paulo João Doria como o candidato tucano.

Nesse caso, Lula tem 32,7% das intenções de voto, Bolsonaro tem 18,4%, Marina Silva aparece com 12%, Doria tem 9,4% e Ciro Comes possui 5,2%

Espontânea

Na pesquisa espontânea para primeiro turno, Lula aparece em primeiro com 20,2% das intenções de voto. O resultado é maior do que os 16,6% apurados na pesquisa de fevereiro.

No mesmo cenário, Jair Bolsonaro aparece em segundo, com 10,9% (ante 6,5% no levantamento anterior).

Doria aparece em terceiro, com 2,4%. Em fevereiro, Doria havia sido citado por 0,3% das pessoas que responderam a pesquisa.

Em quarto lugar na pesquisa de setembro está Marina Silva, com 1,5% das intenções de voto.

Em seguida vem Geraldo Alckmin e Ciro Gomes, ambos com 1,2% dos votos.

O atual presidente Michel Temer ficou em nono com 0,4% das intenções de voto.

2º turno
A pesquisa levantou intenções de voto em 12 possíveis cenários para o 2º turno.

Lula: 41,8%
Aécio Neves: 14,8%

Lula: 40,6%
Geraldo Alckmin: 23,2%

Lula: 41,6%
João Doria: 25,2%

Lula: 40,5%
Jair Bolsonaro: 28,5%

Lula: 39,8%
Marina Silva: 25,8%

Jair Bolsonaro: 28%
Geraldo Alckmin: 23,8%

Marina Silva: 28,4%
Geraldo Alckmin: 23,6%

Jair Bolsonaro: 32%
Aécio Neves: 13,9%

Marina Silva: 33,6%
Aécio Neves: 13%
10º
Jair Bolsonaro: 28,5%
João Doria: 23,9%
11º

Marina Silva: 30,5%
João Doria: 22,7%
12º

Marina Silva: 29,2%
Jair Bolsonaro: 27,9%
Tabelas completas:
1º turno: Intenção de voto espontânea
Lula: 20,2%

Jair Bolsonaro: 10,9%

João Doria: 2,4%

Marina Silva: 1,5%

Geraldo Alckmin: 1,2%

Ciro Gomes: 1,2%

Álvaro Dias: 1,0%

Dilma Rousseff: 0,7%

Michel Temer: 0,4%

Aécio Neves: 0,3%

Outros: 2,0%

Branco/Nulo: 21,2%

Indecisos: 37,0%

1º turno: Intenção de voto estimulada

CENÁRIO 1: Lula 32,4%, Jair Bolsonaro 19,8%, Marina Silva 12,1%, Ciro Gomes 5,3%, Aécio Neves 3,2%, Branco/Nulo 21,9%, Indecisos 5,3%.

CENÁRIO 2: Lula 32,0%, Jair Bolsonaro 19,4%, Marina Silva 11,4%, Geraldo Alckmin 8,7%, Ciro Gomes 4,6%, Branco/Nulo 19,0%, Indecisos 4,9%.

CENÁRIO 3: Lula 32,7%, Jair Bolsonaro 18,4%, Marina Silva 12,0%, João Doria 9,4%, Ciro Gomes 5,2%, Branco/Nulo 17,6%, Indecisos 4,7%.

2º turno: Intenção de voto estimulada
CENÁRIO 1: Lula 41,8%, Aécio Neves 14,8%, Branco/Nulo: 39,6%,
Indecisos: 3,8%.

CENÁRIO 2: Lula 40,6%, Geraldo Alckmin 23,2%, Branco/Nulo: 31,9%, Indecisos: 4,3%.

CENÁRIO 3: Lula 41,6%, João Doria 25,2%, Branco/Nulo: 28,8%,
Indecisos: 4,4%.

CENÁRIO 4: Lula 40,5%, Jair Bolsonaro 28,5%, Branco/Nulo: 27,0%,
Indecisos: 4,0%.

CENÁRIO 5: Lula 39,8%, Marina Silva 25,8%, Branco/Nulo: 31,3%,
Indecisos: 3,1%.

CENÁRIO 6: Jair Bolsonaro 28,0%, Geraldo Alckmin 23,8%, Branco/Nulo: 40,6%, Indecisos: 7,6%.

CENÁRIO 7: Marina Silva 28,4%, Geraldo Alckmin 23,6%, Branco/Nulo: 41,5%, Indecisos: 6,5%.

CENÁRIO 8: Jair Bolsonaro 32,0%, Aécio Neves 13,9%, Branco/Nulo: 46,4%, Indecisos: 7,7%.

CENÁRIO 9: Marina Silva 33,6%, Aécio Neves 13,0%, Branco/Nulo: 47,3%, Indecisos: 6,1%.

CENÁRIO 10: Jair Bolsonaro 28,5%, João Doria 23,9%, Branco/Nulo: 39,2%, Indecisos: 8,4%.

CENÁRIO 11: Marina Silva 30,5%, João Doria 22,7%, Branco/Nulo: 39,9%, Indecisos: 6,9%.

CENÁRIO 12: Marina Silva 29,2%, Jair Bolsonaro 27,9%, Branco/Nulo: 36,7%, Indecisos: 6,2%.

Limite de voto – Presidência da República

AÉCIO NEVES: é o único em que votaria (1,1%); é um candidato em que poderia votar (23,5%); não votaria nele de jeito nenhum (69,5%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (4,1%).

CIRO GOMES: é o único em que votaria (2,4%); é um candidato em que poderia votar (25,6%); não votaria nele de jeito nenhum (54,8%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (14,6%).

GERALDO ALCKMIN: é o único em que votaria (2,8%); é um candidato em que poderia votar (35,9%); não votaria nele de jeito nenhum (52,3%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (6,5%).

JAIR BOLSONARO: é o único em que votaria (13,4%); é um candidato em que poderia votar (26,3%); não votaria nele de jeito nenhum (45,4%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (13,0%).

JOÃO DORIA: é o único em que votaria (4,1%); é um candidato em que poderia votar (31,2%); não votaria nele de jeito nenhum (42,9%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (19,9%).

LULA: é o único em que votaria (23,4%); é um candidato em que poderia votar (24,3%); não votaria nele de jeito nenhum (50,5%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (0,6%).

MARINA SILVA: é a única em que votaria (6,7%); é uma candidata em que poderia votar (38,1%); não votaria nela de jeito nenhum (51,5%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (1,4%).

Publicidade