Polícia Civil desarticula quadrilha que roubou residência e agrediu vítimas

Publicidade

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, em uma ação conjunta com a Polícia Militar da Agência de Inteligência do 16º BPM, desarticulou uma quadrilha suspeita de estar praticando diversos crimes contra o patrimônio na região da Grande Florianópolis. Os cinco integrantes foram identificados, sendo três presos pelas Polícias Civil e Militar em ocasiões distintas e dois criminosos, um deles adolescente, ainda estão sendo procurados.

As investigações relacionadas a esta quadrilha iniciaram em 2 de outubro do ano passado, quando houve um roubo em uma residência situada no bairro Aririu,em Palhoça. Na ocasião, o proprietário do imóvel chegava na sua casa acompanhado do filho adolescente quando foi surpreendido por cinco criminosos que os seguiam.

Continua após a publicidade

O bando invadiu a residência, agrediu com crueldade o proprietário, o qual foi torturado para que dissesse onde estaria guardado determinado montante em dinheiro que possuiria na casa. Após manter a família em cárcere, os criminosos subtraíram o dinheiro e fugiram do local.

As primeiras informações foram levantadas por policiais militares da Agência de Inteligência do 16º BPM, que foram repassadas à Polícia Civil. Ao longo de algumas semanas, as investigações, coordenadas pela DIC, prosperaram e culminaram na identificação dos cinco suspeitos que compunham o grupo criminoso, todos moradores da comunidade Vila União, situada no bairro Vargem do Bom Jesus, em Florianópolis.

Assim, ao longo das semanas, após a decretação das prisões preventivas dos investigados pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Palhoça, três integrantes da quadrilha já foram presos pelas Polícias Civil e Militar. O trabalho policial continua para encontrar os outros dois integrantes.

As informações são da Polícia Civil.

Publicidade