Polícia Civil elucida tentativa de homicídio em Camboriú

Publicidade

A Polícia Civil, através do Setor de Investigação e Captura da Delegacia de Camboriú, elucidou uma tentativa de homicídio, ocorrida no dia 29 de março deste ano, no bairro Monte Alegre e prendeu preventivamente um dos autores. A motivação do crime seria porque a vítima é viciada em drogas e teria furtado um telefone celular no bairro, então, os autores ficaram sabendo do ocorrido, e, como regra, imposta por eles, não é permitido furto no próprio bairro e resolveram executar a vítima para servir de exemplo.

A prisão do autor ocorreu nesta terça-feira, 22, em sua residência e não ofereceu resistência na ação policial. No local foi apreendida uma porção de maconha, cerca de 20 gramas, sendo também lavrado um Termo Circunstanciado em seu desfavor. O comparsa não foi encontrado pela Polícia.

Continua após a publicidade

De acordo com as investigações, o autor e seu comparsa possuem envolvimento com o tráfico de drogas e integram um grupo criminoso.

Comprovadas autoria e materialidade do crime, a Autoridade Policial indiciou os autores por tentativa de homicídio qualificado, por motivo fútil e pelo recurso que dificultou a defesa do ofendido e representou pela prisão preventiva destes, bem como pela expedição de mandado de busca e apreensão a serem cumpridos em suas respectivas residências.

No dia do crime, a vítima teria sido abordada pelos autores enquanto saía da residência de sua avó, quando um deles, sacou uma arma de fogo, e o outro encorajou a atirar, que acabou efetuando cerca de cinco disparos, sendo que quatro falharam e um atingiu as costas da vítima, a qual conseguiu fugir para sua residência, sendo que no local, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

A ação policial contou com apoio do PPT de Camboriú e do K-9 do 12º Batalhão de Balneário Camboriú.

Publicidade