Polícia faz busca e apreensão em empresa suspeita de furtar energia elétrica

Publicidade

A Polícia Civil realizou no final da tarde de quinta-feira (10) um cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça em uma empresa têxtil em Nova Trento.

A operação foi acompanhada por técnicos da Celesc e pelo Instituto Geral de Perícias (IGP/SC) e tinha como objetivo a constatação de possível ocorrência de furto de energia elétrica por meio da adulteração dos equipamentos de medição.

Continua após a publicidade

A ação foi de policiais civis de Nova Trento, com o apoio de policiais de São João Batista e Major Gercino. No local foram realizados testes pela Celesc, dentre eles uma medição nas correntes elétricas do secundário dos transformadores de corrente e também na entrada e saída da chave de aferição.

Ao final dos testes, foi constatada uma diferença entre as correntes de entrada e a que saía do medidor, o que corroborava com a tese de suspeita de adulteração do aparelho elétrico. Foi constatado que na parte traseira do mesmo dispositivo havia sinais de adulteração, sendo este apreendido pelo perito e encaminhado para a realização de perícia.

No início deste ano houve a instauração de inquérito policial que investigou a prática da mesma modalidade de crime.

Publicidade