Polícia faz operação contra lavagem de dinheiro de facção em Santa Catarina

Publicidade

Uma operação batizada de Bravo Zulu cumpre 16 mandados de prisão e 18 de busca e apreensão, na manhã desta sexta-feira (16), nas cidades de Imbituba e Tubarão, no Sul catarinense, bem como em Palhoça e Garopaba, na Grande Florianópolis. O objetivo é reprimir uma organização criminosa que usa empresas para lavar dinheiro do tráfico de drogas.

Segundo a Polícia Civil, a organização tem ligação direta com uma facção atuante em Santa Catarina. As empresas são usadas de fachada para esconder lucro da venda de entorpecentes. Ainda segundo a polícia, o grupo mantém bens de alto valor: casas, carros importados e um avião de pequeno porte.

Continua após a publicidade

Os suspeitos também recrutam adolescentes para atuar em crimes, segundo a Polícia Civil.

Até as 7h, a Polícia Civil não repassou balanço de mandados cumpridos. A operação é uma ação conjunta da Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Militar.

Publicidade