Polícia fiscaliza festas clandestinas na orla gastronômica de Coqueiros

Publicidade
pjc
Foto: Assessoria

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Jogos e Diversões, está fazendo, nesta semana, fiscalizações de casas de show e estabelecimentos comerciais como bares e restaurantes.

Em dois dias de ação, que iniciaram na via gastronômica de Coqueiros, na capital catarinense, foram realizadas 42 notificações.

Continua após a publicidade

A delegada Michele Alves Correa  reforça o apoio da sociedade no sentido de denunciar as festas que ocorrem de forma clandestina.

A região é fonte de muitas reclamações de perturbação do sossego, em razão do uso de som por estabelecimentos comerciais que não possuem o isolamento acústico. Os empresários notificados terão um prazo de 30 dias para providenciar a documentação para a obtenção do alvará da Polícia Civil. Não havendo a regularização ocorre a interdição do local. “A intenção é trazer para a formalidade aquele comerciante que sempre trabalhou de forma irregular”, destacou Correa.

Nos finais de semana as fiscalizações estão sendo direcionadas às casas noturnas visando ao cumprimento do horário de funcionamento concedido no alvará policial. “Queremos evitar o choque de público entre as pessoas que praticam suas atividades físicas pela manhã e o pessoal que saem da balada, que é um dos pontos para a prevenção de acidentes”, diz a delegada.

Publicidade