Polícia identifica empresa que distribuiu carga de salmão roubada na Grande Florianópolis

Publicidade

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), identificou uma empresa distribuidora de peixes responsável por receptar e revender carga de salmão roubada, na Grande Florianópolis, avaliada em R$ 482 mil. O pescado era oriundo do Chile.

A operação “Peixe Grande” ocorreu na quinta-feira, em Florianópolis, Porto Belo e Garopaba. Os policiais também identificaram peixarias que revendiam parte da carga.

Continua após a publicidade

Segundo o delegado responsável pelo caso, para “esquentar” a carga roubada, os criminosos utilizavam notas fiscais frias e suprimiam de algumas caixas as etiquetas de identificação de origem.

Até o momento, apreendeu-se três toneladas de salmão. As investigações prosseguem, informa a assessoria da Polícia Civil.

Publicidade