Prefeitura de Biguaçu abre novo ponto de apoio para pessoas em situação de rua

Publicidade

Devido aos alertas emitidos pela Defesa Civil de frio intenso nos próximos dias e no decorrer do período de inverno, a Prefeitura de Biguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, abrirá nesta quarta-feira (26) um novo espaço com capacidade de abrigar até 10 pessoas em situação de rua por noite, com acomodação, alimentação e higiene pessoal.

A iniciativa conta com a parceria de equipes de voluntários, composta pela Comunidade Missionária Redenção, Projeto Amor Incondicional e da Pastoral do Povo de Rua da Paróquia São João Evangelista. O período de funcionamento do local será de 26 de maio ao dia 26 de julho.

Continua após a publicidade

Para o pernoite, serão utilizados colchões individuais com distanciamento de segurança, de acordo com as medidas de prevenção contra a COVID-19. Aqueles que apresentarem quaisquer sintomas da doença, serão encaminhados para os serviços de saúde.

O alojamento funcionará das 18h às 8h, anexo à Igreja Redenção da Comunidade Missionária, na Rua Lúcio Born, nº 123, Centro.

Abrigo Municipal Temporário

Lembrando que Biguaçu já conta também com um Abrigo Municipal Temporário, com capacidade de acolher até 15 pessoas em situação de rua, sendo 12 vagas masculinas e três vagas femininas.

O horário de funcionamento é em período integral, com a oferta de higiene pessoal, alimentação, espaço para dormir e com o limite de permanência de até três meses por acolhido.  O Abrigo Municipal fica localizado na Rua João Marcondes de Mattos, n° 128, Centro.

Recentemente, por meio de nova licitação, o Abrigo Municipal recebeu mais uma equipe para atuar no serviço e ofertar atendimentos de qualidade aos acolhidos, assim como dar encaminhamento às demandas apresentadas, contando com uma equipe psicossocial, composta por uma assistente social e uma psicóloga. As profissionais colocarão em prática o Plano Individual de Atendimento de cada acolhido, que é um instrumento imprescindível para a organização da oferta dos serviços socioassistenciais da Proteção Social Especial do Sistema Único de Assistência Social.

A última reunião realizada para discutir o andamento de ambos os serviços para as pessoas em situação de rua no município foi realizada na segunda-feira (24), entre a nova equipe do Abrigo Municipal, a equipe psicossocial do Setor de Alta Complexidade e os voluntários que vão auxiliar no funcionamento do ponto de apoio para o frio.

Publicidade