Prefeitura de Biguaçu e Caixa inauguram o Residencial Vila Real nesta segunda-feira

Publicidade

A espera pela casa própria chegará ao fim para 224 famílias biguaçuenses na próxima segunda-feira, dia 2 de outubro. Elas foram contempladas com uma unidade habitacional no Residencial Vila Real. A Prefeitura de Biguaçu e a Caixa Econômica Federal (CEF) entregarão oficialmente as chaves aos beneficiários que já assinaram o contrato, em cerimônia que será realizada no próprio empreendimento, no bairro Fundos, às 10h.

A entrega dos apartamentos contará com a presença do prefeito Ramon Wollinger, vice-prefeito Vilson Norberto Alves, secretária de Assistência Social e Habitação, Dircilene Luz, demais secretários municipais, vereadores e representantes da CEF, bem como da construtora Moinho, responsável pela finalização da obra.

Continua após a publicidade

O prefeito destaca que “moradia digna é direito de todo cidadão e a parceria entre a Prefeitura e a Caixa está garantindo o acesso dessas famílias a este direito”.

Ramon busca R$ 5 milhões no Badesc para asfaltar ruas

São 224 apartamentos divididos em sete blocos (Foto: Paulo Rodrigo Ferreira – Dicom)

O empreendimento, com sete blocos de apartamentos, integra o programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e do qual a CEF é o agente financeiro. Já a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, foi responsável pelo cadastramento das famílias que se enquadram nos requisitos estabelecidos pelo programa para receber os imóveis, além do apoio técnico e operacional da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão Participativa.

Servidores podem ter até 55% de desconto na graduação e pós-graduação

Os apartamentos possuem dois dormitórios, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. O condomínio ainda conta com área comum com estacionamento, salão de festas, guarita e parque infantil. Na entrada de cada bloco há bicicletário.

Para ter direito aos apartamentos, as famílias tiveram que comprovar renda de até R$ 1.800,00 (somando a renda de todos os membros do grupo familiar que residirá na unidade) e com comprovação de residência de no mínimo dois anos em Biguaçu.

Publicidade