Prefeitura de Biguaçu recebe nova câmara de conservação de vacinas doada por empresa

Publicidade

A Vigilância Epidemiológica de Biguaçu recebeu, na manhã desta terça-feira (3), uma nova câmara de conservação de vacinas, com capacidade de armazenamento de 220 litros. O equipamento foi doado pelo grupo Clamed, responsável pelas marcas Farmácia Preço Popular e Drogaria Catarinense. A Clamed efetuou a doação ao município por meio do movimento empresarial Unidos pela Vacina, que tem o objetivo de auxiliar e agilizar a imunização de todos os brasileiros.

Equipamento foi doado pelo grupo Clamed, por meio do movimento empresarial Unidos pela Vacina

O ato da entrega da nova câmara contou com a presença da coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Laís Mayer Pauli, e do gerente regional da Clamed, Robison Menin. Na oportunidade, a coordenadora Laís agradeceu a doação ao município e destacou a importância do equipamento para “a ampliação do armazenamento e conservação de imunizantes recebidos pela Secretaria Municipal de Saúde, que será utilizado tanto para as vacinas contra a COVID-19 quanto para outras doenças”.

Continua após a publicidade

Já o diretor da empresa doadora, explicou que a iniciativa tem o propósito de acelerar o processo de vacinação contra o Coronavírus, “apadrinhando” os municípios. “Juntos com o movimento estamos construindo uma rede de apoio para conectar comunidade e governantes nesse processo. Estamos doando, para prefeituras de Santa Catarina, equipamentos de armazenamento e conservação, como: câmaras para conservação de vacinas, freezers, refrigeradores, caixas de poliuretano, caixas térmicas e também notebook. As doações foram previamente definidas de acordo com uma relação de necessidades de cada município”, completou.

E as boas notícias não param por aqui: na próxima semana, a expectativa é de que a Prefeitura receba mais uma doação de câmara conservadora. Os detalhes serão posteriormente divulgados com chegada do equipamento.

Publicidade