Prefeitura de Palhoça reduz despesas para economizar R$ 1 milhão

Publicidade

Diante da previsão na diminuição de repasse de recursos, bem como a arrecadação, o prefeito de Palhoça, Camilo Martins, assinou, nesta sexta-feira (9), o Decreto 1.915/2015, que reduz despesas de pessoal e encargos sociais. A assinatura faz parte das ações desenvolvidas pela prefeitura que visam minimizar os efeitos da crise econômica na gestão do município.

Desde o começo do ano passado, o poder executivo municipal já vem reduzindo custos por meio da aplicação de sistemas informatizados e metas setoriais. Por ano, a Prefeitura espera alcançar a economia de mais de R$ 1 milhão de despesas no funcionamento da máquina pública.

Continua após a publicidade

O Decreto prevê a suspensão da concessão de licença prêmio, no caso de necessidade de substituição do servidor, que implique no aumento de despesa da folha de pagamento e as autorizações de despesas referentes à participação em congressos e seminários. “Em 2014 iniciamos programas e medidas que otimizam as despesas, sem  comprometer o nível e a qualidade do serviço que prestamos”, afirmou o prefeito Camilo Martins.

A Prefeitura também não vai mais disponibilizar internet móvel para servidores municipais e suspenderá o pagamento de horas extras. No mês de agosto, o prefeito já havia assinado um decreto que congela o próprio salário, além das remunerações do vice,  procurador geral e secretários. A medida impede um aumento de 40%.

A medida para contenção de despesas representará, ainda, ajustes na renegociação dos contratos de locação, vigentes no município; redução de 20% das gratificações de produtividade; e redução de 20% dos cargos de confiança. Outro item do decreto  diz respeito às despesas com telefone.

A partir de agora, cada Secretaria, Autarquia e Fundação Municipal terá apenas duas senhas que liberam ligações para celular e para longa distância. Os aparelhos celulares, concedidos aos secretários municipais, não poderão superar R$ 100 por mês, sendo os excessos descontados em folha salarial. “Com esta medida, induzimos à redução no número de ligações e promovemos a conscientização dos servidores”, enfatizou o prefeito.

Jonathas Cesário
Assessoria de Comunicação

Publicidade