Prefeitura suspeita que esgoto bruto foi derramado na praia em Porto Belo

Publicidade
Água escura saiu do rio e manchou a praia (Foto: Silvano Silva)
Água escura saiu do rio e manchou a praia (Foto: Silvano Silva)

A Prefeitura de Porto Belo  – no Litoral Norte de SC – informou, neste domingo à noite, por meio de nota, que vai investigar a mancha escura despejada pelo rio Perequê na Meia Praia. A suspeita é que a Companhia Nacional de Saneamento (Conasa) – que faz o tratamento de efluentes em Itapema – tenha derramado esgoto sem tratamento no rio.

“A Prefeitura comunica a todos que já está tomando as medidas cabíveis para averiguar a origem da mancha negra na foz do rio Perequê e punir os responsáveis. Conforme imagens captadas pelo piloto de ultraleve Silvano Silva, a mancha surgiu neste domingo”, diz o documento.

Continua após a publicidade

No final da tarde de ontem, foram acionadas as equipes de vigilância sanitária, Corpo de Bombeiros e Fundação do Meio Ambiente (Fatma) de Santa Catarina. A partir desta segunda-feira (18), uma força-tarefa formada por funcionários das três instituições estarão na foz do rio Perequê fazendo levantamentos. “Se necessário, a praia poderá ser interditada”, diz a Prefeitura.

Já no período da tarde, fiscais da Fatma farão fiscalização na foz e na Estação de Tratamento da Conasa, em Itapema. “m 2013, a empresa foi multada por derramar esgoto sem tratamento no rio Perequê. “Caso seja confirmada a suspeita, o município deve ingressar com nova ação de ressarcimento contra a concessionária”, finaliza a nota.

Publicidade