PRF fará patrulhamento especial na Via Expressa para tentar diminuir filas

Publicidade

G1 – A partir de segunda-feira (12), a Via Expressa (BR-282) terá patrulhamento especial da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O local serve de entrada para Florianópolis e tem um tráfego de 180 mil veículos por dia. Filas são comuns nesse ponto da rodovia.

A Via Expressa fica nos seis primeiros quilômetros da BR-282, na capital, desde o início da Ponte Pedro Ivo até a BR-101. O trabalho da PRF terá quatro policiais, dois com apoio de automóveis e os outros com motocicletas, das 6h30 às 21h30. A base da equipe será a sede da PRF no Centro.

Continua após a publicidade

“No início, teremos dois policiais no local, pois os outros agentes estão fazendo escolta da Paralimpíada”, explicou o diretor de comunicação da PRF, Adriano Fiamoncini.

Comportamento no trânsito

Até agora, o patrulhamento era feito pelos policiais do posto de Biguaçu, na Grande Florianópolis. Conforme a PRF, na Via Expressa são comuns acidentes sem vítimas e pequenos danos materiais, que causam filas longas de congestionamento.

“A rodovia é muito sensível e saturada, qualquer interrupção do tráfego provoca quilômetros de fila, tanto de um lado quanto de outro, porque os veículos diminuem a velocidade, devido à curiosidade dos condutores”, comentou Fiamoncini.

Conforme a PRF, depois de colisões leves é comum que os motoristas aguardem na rodovia por um policial, o que causa os congestionamentos.

“Um dos nossos desafios é trabalhar o comportamento dos condutores. No caso de uma colisão sem vítimas, o carro pode ser colocado no acostamento, o que permitirá ao trânsito fluir. Nos casos em que o carro pode rodar em segurança, o condutor pode ir para casa e registrar a ocorrência no site da PRF”, disse.

Publicidade