PRF retira viciados em crack que acampavam na entrada da Via Expressa

Publicidade

Sete homens com idades entre 25 e 45 anos, que estavam morando em barracos de lona na área de domínio da BR-101, nas proximidades do entroncamento com a Via Expressa (BR-282), na Grande Florianópolis, foram retirados do local pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Autopista Litoral Sul, no decorrer desta semana. Todos os moradores de rua abordados são viciados em crack.

Conforme a PRF, foi feita a operação de limpeza e remoção de barracas instaladas, para que os usuários de entorpecentes deixassem o local. Como há intenso fluxo de veículos na região, eles viviam em constante perigo de serem atropelados, já que precisavam atravessar as rodovias federais para chegarem aos seus barracos.

Continua após a publicidade

“Uma vez mais percebeu-se que a ação isolada da PRF e da Autopista Litoral Sul na remoção de pessoas e pertences não é suficiente pra resolver o problema, uma vez que, invariavelmente, sem apoio e tratamento médico, as pessoas adictas não conseguem se livrar do vício. É preciso buscarmos uma articulação com as Secretarias de Assistência Social do Estado e dos municípios”, relatou a PRF.

Fotos: Divulgação PRF

Publicidade