Produtores de SC movimentam R$ 3,5 milhões em notas eletrônicas

Publicidade

Em apenas 10 dias, 174 usuários recorreram a Nota Fiscal Eletrônica para Produtor Rural (NFP-e) para comercializar produtos e serviços em Santa Catarina, gerando 826 notas e movimentando R$ 3,5 milhões. Os números são da Secretaria de Estado da Fazenda, que lançou o novo aplicativo dia 20 de janeiro, em Chapecó, depois de um ano de trabalho e muitos testes.

Entre os 29 municípios onde há produtores habilitados para usar o sistema, Corupá é destaque pelo número expressivo de usuários: 112 produtores se credenciaram e geraram 286 notas nos primeiros 10 dias de NFP-e. “O aplicativo veio para desburocratizar a vida dos produtores, que tinham de solicitar a guia, preencher a nota e devolvê-la aos órgãos de controle”, explica o secretário Antonio Gavazzoni.

Continua após a publicidade

Sócia-proprietária da Hidropônica Blumenau, a produtora Simoní Savaris usa o aplicativo há três meses, desde que foi selecionada pela Fazenda para participar dos primeiros pilotos. Com o novo sistema, leva poucos minutos para gerar a nota, processo que até então a obrigava a perder até dois dias de trabalho.

A produtora vem emitindo uma média de 500 notas/mês. Desde que o aplicativo foi oficialmente lançado, a produtora emitiu 76 notas. “Agora, com menos burocracia, podemos até pensar em expandir os negócios”, conta a produtora.

A expectativa da Fazenda é de que a NFP-e beneficie cerca de 300 mil produtores de todo o Estado.

Assessoria

Publicidade