Profissionais da linha de frente contra Covid em Biguaçu são os primeiros a tomar vacina

Publicidade

Da Assessoria– A Secretaria Municipal de Saúde de Biguaçu iniciou na tarde desta terça-feira (19) a vacinação contra a Covid-19. Em ato realizado na sede da Prefeitura, foram vacinados os três primeiros profissionais de Saúde que atuam no município e uma representante da comunidade indígena. Os vacinados integram o grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

Fotos -Paulo Rodrigo Ferreira

Os profissionais que receberam as primeiras doses da imunização foram a técnica de enfermagem e vacinadora Salma Terezinha Schmitz Lopes, o enfermeiro Roger Farias Lopes, a enfermeira Glaci Viera Cascaes Frederico e a agente de Saúde Indígena, Eliane Martins. Participaram desse ato histórico para o município o prefeito Salmir da Silva, o vice-prefeito Alexandre Martins de Souza, o secretário municipal da Saúde, Bruno Célio da Silva, a superintendente de Saúde, Thayse Rosa e o presidente da Câmara de Vereadores, Ednei Muller Coelho.

Continua após a publicidade

Leia também

Biguaçu recebe 1060 doses para iniciar vacinação contra Covid-19

Nesta primeira etapa da vacinação serão imunizados, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde, os trabalhadores da Saúde, pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência com mais de 60 anos, pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência residentes no Serviço de Acolhimento Institucional em Residência Inclusiva e indígenas a partir dos 18 anos. As doses serão aplicadas nos locais de trabalho e nas instituições de acolhimento (asilos e abrigos) e nas aldeias pelo serviço de Saúde Indígena.

O município de Biguaçu recebeu do Governo do Estado de Santa Catarina 1060 doses, considerando reserva para possíveis perdas. No primeiro momento serão 127 para idosos em serviço de acolhimento institucionalizado, 206 para indígenas e 630 para trabalhadores da Saúde que atuam na linha de frente contra à Covid-19. São profissionais que atuam nas UTIs, em Emergências e no atendimento clínico hospitalar Covid-19; SAMU; trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas para jovens e adultos com deficiência e equipes que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para esta etapa.

 “Sinto-me muito honrada por participar desse momento tão importante que é chegada da vacina em nossa cidade e por ter sido escolhida para representar nossos profissionais que estão há meses atuando frente a pandemia”, comentou a vacinadora Salma, que trabalha na Prefeitura Municipal há 32 anos.

“Estamos recebendo as primeiras doses da campanha de vacinação, pedimos a compreensão da população, pois sabemos que todos estão ansiosos pela imunização, mas precisamos seguir os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e darmos prioridade aos profissionais que desde o início da pandemia estão lutando diretamente contra a Covid-19. Antes de cuidar, esses profissionais precisam estar sob cuidado”, afirmou o secretário de Saúde, Bruno Célio da Silva.

O prefeito Salmir da Silva, por sua vez, destacou o momento histórico para o município. “É um dia que entra para a história de Biguaçu, trazendo expectativa e esperança de que vamos seguir em frente e seremos vencedores nesta batalha contra o Coronavírus, confiando sempre na ciência, no avanço da medicina e nas palavras dos especialistas”, destacou.

A solenidade contou ainda com a presença do deputado estadual Jerry Comper e da presidente da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento, Roberta Maas dos Anjos, que estavam em Biguaçu para agenda com o Executivo Municipal.

Veja um breve perfil dos primeiros vacinados em Biguaçu:

Salma Terezinha Schmitz Lopes – 

Salma é vacinadora do município, ingressou como funcionária da Prefeitura em 1988, como auxiliar de enfermagem. Realizou em 1992 capacitação para trabalhar em sala de vacina e em 2004 finalizou curso de técnica de enfermagem.

Roger Farias Lopes – 

Roger atua como enfermeiro na linha de frente contra a Covid-19 na UTI do Hospital Regional Helmuth Nass desde agosto de 2020 e em outra instituição desde o início da pandemia.

Glaci Viera Cascaes Frederico – 

Glaci é enfermeira, com pós-graduação em urgência e emergência. Servidora concursada no município de Biguaçu desde 2008, está atuando no acolhimento com classificação de risco e atendimento a pacientes com Covid- 19 na UPA 24h.

Eliane Martins –

Eliane é Índia Guarani da Aldeia Tekuaporam, de São Miguel. Agente Comunitária de Saúde Indígena.

Publicidade