Programa de Pesquisa para o SUS investe R$ 2,5 milhões em Santa Catarina

Publicidade

*Heloisa Dallanhol

A Fapesc lançou uma nova chamada do Programa de Pesquisa para o Sistema único de Saúde, conhecido como PPSUS. Esta é a 7ª edição do programa lançada em Santa Catarina. A primeira foi em 2004. O edital é realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, o Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Serão investidos R$ 2,5 milhões nesta chamada, sendo R$ 1,5 milhão do Ministério da Saúde, e o restante da Secretaria de Estado da Saúde e da Fapesc.

Continua após a publicidade

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que promovam a melhoria da qualidade de atenção à saúde no SUS em Santa Catarina, além de fortalecer os sistemas de saúde e de Ciência, Tecnologia e Inovação; fortalecer os grupos de pesquisa que atuam na área da saúde, e fornecer ferramentas de gestão da política pública de pesquisa em saúde.

O Comitê Gestor do programa, composto por representantes dos órgãos envolvidos na chamada, vai levar em conta a relevância social na análise das propostas. Os principais critérios de avaliação são impacto positivo nas condições de saúde da população; resposta às lacunas de conhecimento sobre o tema no Estado; consonância com as políticas nacionais e estaduais de saúde; compatibilidade com a agenda estadual de prioridades de pesquisa em saúde; e coerência com as demandas específicas da Secretaria de Saúde.

As propostas devem ser enviadas por meio eletrônico pelo portal do Ministério da Saúde até 25 de fevereiro, e uma versão impressa deve ser enviada à Fapesc até o dia 1° de março. Os projetos aprovados terão dois anos para serem concluídos, e deverão receber entre 100 mil e 250 mil reais.

*Heloisa Dallanhol é assessora de comunicação do Estado

Publicidade