Colombo anuncia que inicia transição de governo no fim de janeiro

Publicidade

O governador Raimundo Colombo (PSD) anunciou, nesta quarta-feira, durante almoço com jornalistas, que vai iniciar no final do mês de janeiro de 2018 a transição do governo para o vice Eduardo Moreira  ((PMDB). Ele deve renunciar em abril para se dedicar a sua campanha ao Senado Federal. Chegou a dizer que sairia do governo em janeiro,  mas depois corrigiu a informação aos presentes.

Para disputar a eleição a cargos legislativos em outubro do ano que vem, os ocupantes de cargos nos poderes Executivo (prefeitos, governadores, secretários, ministros ou presidente) devem fazer a descompatibilização até o final de abril.

Continua após a publicidade

Colombo é o principal pontuado nas pesquisas de intenção de votos para o cargo de senador da República feitas até agora, no Estado. No levantamento mais recente divulgado, no fim de novembro, pelo Grupo RIC de Comunicação, ele contava com 56% de aprovação de seu governo e 36% de desaprovação. Em uma corrida para o Senado, Raimundo lidera com 19,7%, seguido pelo deputado federal Esperidião Amin, com 16,8%.

Colombo, em recente visita a Biguaçu, para assinar contrato de R$ 5 milhões para obras na cidade (Foto: Biguá News)

Ele está em seu segundo mandato como governador de Santa Catarina. Já foi prefeito de Lages, secretário de Estado, presidente da Celesc e também da Casan, deputado estadual e federal e já exerceu o cargo de senador entre 2007 até 2010, por ter sido eleito em 2006 com 1,7 milhão de votos.

Atualizada e corrigida às 13h51

Publicidade