Ramon fará reforma administrativa e reduzirá número de secretarias

Publicidade
Prefeito fará reforma administrativa prezando pela economicidade (Foto: Biguá News)
Prefeito fará reforma administrativa visando economicidade na gestão 2017-2020 (Foto: Biguá News)

O prefeito Ramon Wollinger (PSD) iniciou uma reforma administrativa na Prefeitura de Biguaçu, que visa diminuir a quantidade de secretarias municipais, consequentemente gerando economia de recursos públicos. “Nós queremos reduzir cerca de 30%. Algumas secretarias serão englobadas a outras”, disse o gestor municipal, em entrevista ao Biguá News, nesta quinta-feira à tarde.

A primeira medida foi fazer exonerações esta semana. Das atuais 15 secretarias e de outros cargos com status de secretário, ficarão com titulares até 31 de dezembro as pastas de Saúde, de Administração, de Assistência Social, Planejamento, a Controladoria Geral e também a Procuradoria Geral do Município. “E esses servidores terão redução de 50% nos salários até o final do ano, como medida de economia. No final do ano passado nós já fizemos isso e funcionou muito bem”, disse o prefeito.

Continua após a publicidade

Essa reforma administrativa também vai baixar a quantidade de cargos comissionados, mas o número ainda está sendo analisado pelo Poder Executivo, para manter os serviços públicos em pleno funcionamento.

“Eu aproveito aqui para agradecer a toda a equipe da Prefeitura de Biguaçu, que mesmo com as dificuldades impostas pela crise financeira, que causou uma queda acentuada de arrecadação, os servidores públicos deram o seu melhor para atender a população biguaçuense”, falou Ramon.

Secretariado técnico

O prefeito já está analisando a formação do secretariado para a gestão 2017-2020, mas ainda não divulgou nomes. No entanto, ele já adiantou que parte dos secretários terá perfil técnico. Wollinger citou, como exemplo, as secretarias de Educação, Saúde, Obras, Agricultura e Assistência Social. “São áreas fundamentais para a população e nós vamos ter o cuidado de escolher as pessoas certas para fazer uma excelente gestão”, finalizou.

Publicidade