Receita e PF investigam fraude de US$ 200 milhões em importações em SC e RS

Publicidade

Uma operação conjunta contra fraudes em importações e evasão de divisas foi deflagrada pela Polícia Federal e pela Receita Federal na manhã desta terça-feira (25) em cinco cidades do Rio Grande do Sul e também em Itajaí, em Santa Catarina. São investigados US$ 200 milhões em operações de importação suspeitas. A informação é do G1.

São cumpridos 10 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Novo Hamburgo,Cachoeirinha, Guaíba e Eldorado do Sul, na Região Metropolitana, além das ordens judiciais cumpridas na cidade portuária catarinense.

Continua após a publicidade

De acordo com a PF, a fraude é praticada por um grupo empresarial especializado no comércio internacional, visando beneficiar companhias que seriam a verdadeiras responsáveis pela compra de produtos estrangeiros. O esquema possibilitaria a sonegação do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI).

As empresas intermediárias tinham sede em estados que possuíam benefícios no pagamento de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e faziam a importação dos produtos, além do pagamento de uma alíquota menor de imposto estadual.

Os lucros obtidos por meio do subfaturamento das importações, conforme a PF, eram remetidos para o exterior.

A operação foi denominada Elipse, que se caracteriza como fugura de linguagem que consiste na omissão de um ou mais termos de uma oração, mas que são facilmente identificados a partir do contexto do texto.

Publicidade