Rogério Ceni ainda acredita em classificação do São Paulo na Copa do Brasil

Publicidade

A primeira partida da semifinal da Copa do Brasil foi conturbada no Morumbi, com forte chuva, queda de energia e péssimo resultado para os donos da casa: 3 a 1 para o Santos. Para o goleiro Rogério Ceni, o São Paulo não estava em uma noite boa, pois criou mais chances de gol, principalmente no segundo tempo, e não conseguiu marcar, mas ainda há esperança de avançar à decisão.

Foto- Djalma Vassão - Gazeta Press
Foto- Djalma Vassão – Gazeta Press

“Não foi um jogo ruim. Tivemos cinco, dez minutos de bobeira no começo do segundo tempo. Depois tivemos cinco ou seis oportunidades claríssimas. As coisas não deram certo, mas o time tentou de todas as maneiras, lutou. Uma pena que a gente não estava em um dia bom hoje. Se o jogo fosse 5 a 3, seria um placar justo”, declarou o ídolo são-paulino.

Continua após a publicidade

As coisas começaram mal para o Tricolor, que sofreu gol de Gabriel na primeira etapa. Na sequência, empatou com belo tento de Pato, mas viu as coisas se complicarem quando Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel deram boa vantagem ao Santos antes dos cinco minutos do segundo tempo. Depois, o São Paulo perdeu pelo menos duas chances claríssimas de marcar: uma com Luis Fabiano e outra de Alan Kardec.

Apesar do péssimo resultado em casa e do desânimo que as circunstâncias da partida possam trazer ao elenco são-paulino, a postura tricolor é de não jogar a toalha e buscar a classificação na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira (28).

“Não está perdido. Tem o segundo jogo, temos que jogar tudo nesse segundo jogo”, afirmou o meia Paulo Henrique Ganso, que usou a braçadeira de capitão no duelo desta quarta.

Ceni também manteve a esperança. “Difícil sempre será, independentemente do placar. Vamos jogar outros 90 minutos lá e, se conseguirmos concluir metade das oportunidades criadas em gol, é possível”, concluiu o goleiro.

Antes de “jogar tudo” na volta contra o Santos em busca de conquistar o título inédito – única taça que o time ainda pode levantar na temporada e última chance conquista antes da aposentadoria de Rogério Ceni – o São Paulo visita o Coritiba neste domingo, no Couto Pereira.

Gazeta Esportiva

Publicidade