Saldo de empregos é positivo em Biguaçu pelo 4º mês seguido

Publicidade
Caged aponta que Biguaçu voltou a gerar empregos (Foto: Biguá News)
Caged aponta que Biguaçu voltou a gerar empregos (Foto: Biguá News)

O saldo de empregos em Biguaçu foi positivo no mês de setembro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde desta quarta-feira (26). Ainda que em números “tímidos”, é o quarto mês consecutivo que o volume de contratações foi maior do que o de demissões.

De acordo com o Caged, em setembro, as empresas instaladas em Biguaçu contrataram 416 funcionários e desligaram 404, gerando um saldo de 12 empregos no período. Biguá News apurou que, em agosto, o saldo foi de 21 vagas; em julho, de 33; e, em junho, de 13.

Continua após a publicidade

A quantidade do saldo, embora em pequenos volumes, mostra que o desemprego parece estar “sob controle” em Biguaçu. Entre janeiro e maio houve muitas dispensas e o Sine biguaçuense ficou constantemente lotado, com mais de 30 atendimentos por dia para solicitação de seguro desemprego.

No cômputo dos últimos 12 meses, o saldo ainda é negativo. Entre 1º de outubro de 2015, até 30 de setembro de 2016, houve 5.604 admissões nas empresas biguaçuenses e 6.105 demissões, retirando 501 vagas do mercado de trabalho. Contudo, a geração de empregos flutua no lado de cima da tabela há quatro meses, revelando que a economia local está reaquecendo aos poucos.

Números do Estado

Santa Catarina registrou, no mês de setembro, balanço positivo de empregos, com 67.884 admissões e 64.334 demissões, gerando 3.550 novas vagas. O Estado é o terceiro que mais gerou emprego no período. O município de Itajaí foi o que teve o maior saldo positivo, com 242 empregos. Florianópolis teve saldo de 64 vagas.

No país, os números são negativos pelo 18º mês seguido, com fechamento de 39,2 mil vagas formais de trabalho.

Veja dados do Caged aqui.

Publicidade