Salmir inicia nomeação dos cargos de 2º escalão na Prefeitura de Biguaçu

Publicidade

Após ser empossado no cargo de prefeito e nomear os secretários que o ajudarão a administrar a Prefeitura de Biguaçu, o prefeito Salmir da Silva (MDB) iniciou a nomeação dos cargos comissionados de 2º escalão (gerentes e diretores) necessários para manter as secretarias em funcionamento. Na última edição do Diário Oficial dos Municípios, a Portaria nº 71/2021 assinada pelo novo gestor municipal nomeia os seguintes servidores efetivos para exercer função de confiança, na Secretaria da Receita:

  • Anderson Opuska Soares – Gerente do Núcleo de Informática Fazendária
  • Manoel Custodio – Gerente de Tributos Mobiliários
  • Leandro Francisco Torquato – Gerente de Arrecadação
  • Thiago Vinicius Nahas – Gerente de Fiscalização Tributária
  • Valéria Cristina da Silva – Gerente de Administração da Dívida Ativa
  • Jacson Feil – Coordenador dos Serviços de Exatoria
  • Sintia Albertina Venâncio Santos – Gerente de Tributos Imobiliários

A Portaria nº 74/2021 nomeia a servidora Fátima Batista, detentora do cargo de provimento efetivo de Engenheiro Civil, para exercer a função de confiança de Gerente de Obras Públicas na Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão Participativa. Nessa mesma pasta, a Portaria nº 75/2021 nomeia Aline Grosbelli Bracht, detentora do cargo efetivo de Arquiteto, para exercer a função de Gerente de Parcelamento de Solo.

Continua após a publicidade

Leia também:

Secretários da gestão Salmir e Alexandre são empossados

Já na edição do Diário Oficial publicada no dia 8 de janeiro, foram nomeados os seguintes cargos comissionados:

  • Débora Regina de Amorim – Corregedor Municipal
  • João Domingos Zimmermann – Superintendente da Defesa Civil
  • Jeferson Binhoti – Superintendente de Relações Institucionais
  • Carolina Momm (servidora efetiva como contadora) – Controlador Geral do Município
  • Mateus Crispim João – Procurador-Adjunto
  • Jonas de Jesus – Assistente de Saúde

Na edição do DO de 7 de janeiro, constam as nomeações dos seguintes cargos comissionados, por meio da Portaria n° 16/2021:

  • Fernanda Aparecida da Cunha – Diretor Executivo de Fiscalização de Convênios e Contratos
  • Claudia Vanderléia Soethe – Diretor de Recursos Humanos
  • Marisa da Cruz de Lima – Diretor de Tesouraria
  • Rafael Emilio Pollmann – Diretor de Provisão de Frotas e Equipamentos
  • Eurico Rillo de Campos Junior – Diretor de Controle, atendimento administrativo, acompanhamento a autoridade policial e judicial da vigilância patrimonial pública monitorada
  • Priscila Raimundo Pinheiro – Diretor Contábil
  • Nabel Ana Marcelino de Campos – Gerente de Licitações
  • Suellen de Mello Martins – Gerente de Contratos
  • Maria Fernanda Caminha de Souza – Gerente de Saúde Ocupacional
  • Ariani Leitis Motter Griss Costa – Gerente de Folha de Pagamento
  • Maristela Lira Bittencourt de Ávila – Gerente de Contratos, Documentos e Arquivo Funcional
  • Ana Cláudia Sagás – Gerente de Compras
  • Rodrigo Kirchner Locatelli – Gerente de Planejamento e Execução Orçamentária
  • Luciana Malagotti – Gerente Financeiro
  • Ricardo André da Silva – Coordenador de Serviços de Vigias e Patrulha Monitorada
  • André Schweitzer – Coordenador Contábil
  • Hildegard Denise Marques – Coordenador de Contratos
  • Lilian Aparecida Rech Peres – Coordenador de Recursos Humanos de Frequência e Controle Pessoal
  • Ieda Luz de Miranda – Coordenador de Serviços Gerais

A Portaria nº 19/2021, designa a Servidora Marisa da Cruz de Lima, ocupante do cargo efetivo de Escriturário, para responder pela Tesouraria da Prefeitura Municipal de Biguaçu, Fundo Municipal de Assistência Social, Fundo Municipal da Infância e Adolescência, Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e Fundo Municipal de Desenvolvimento da Educação Básica.

A Portaria nº 20/2021 designa Jacson Feil, detentor do cargo efetivo de Técnico em Contabilidade, para responder pela Tesouraria do Fundo Municipal de Saúde.

A Prefeitura de Biguaçu tem cerca de 200 cargos comissionados e novos nomes deverão ser publicados nos próximos dias. Salmir afirmou durante a campanha eleitoral – e após sua vitória nas urnas – que irá fazer uma reforma administrativa logo no começo de sua gestão, visando corte de cargos.

Publicidade