São José está no ranking nacional das cidades que mais geraram empregos no 1º semestre

Publicidade

Santa Catarina segue em evidência quando o assunto é geração de empregos. No primeiro semestre de 2021, o estado teve um saldo positivo de 126.111 vagas com carteira assinada. Foi o terceiro melhor resultado do país em números absolutos, atrás apenas de São Paulo (491 mil) e Minas Gerais (185 mil), os dois estados mais populosos do país.

Foto: Divulgação

Na divisão por municípios, as cidades catarinenses também se destacam. São seis entre as 50 que mais geraram postos de trabalho, segundo o Ministério da Economia. São José ganha destaque como a terceira cidade que mais gerou empregos em Santa Catarina, nesse período, e a 26ª do país nesse quesito.

Continua após a publicidade

O melhor desempenho entre as catarinenses foi de Joinville, que teve um saldo de 10.838 empregos, ficando na 12ª colocação nacional. Em seguida, aparece Blumenau (saldo de 9.763), com o 16º posto em nível federal. Completam a lista catarinense São José (26ª), Itajaí (28ª), Chapecó (41ª) e Jaraguá do Sul (42ª). Para o governador Carlos Moisés, o resultado demonstra que a economia catarinense cresce de maneira semelhante em todas as regiões. Ele cita ainda cidades como Florianópolis, Brusque, Criciúma e Tubarão, todas com mais de 3 mil empregos gerados entre janeiro e junho.

“Santa Catarina se diferencia por ter um forte desenvolvimento em todas as regiões. O resultado do Caged mostra que praticamente todas as cidades do nosso estado tiveram resultado positivo na geração de empregos no primeiro semestre, mesmo com a pandemia. Estamos confiantes de que, com o avanço da vacinação, vamos ter um segundo semestre ainda mais positivo”, apostou o governador.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, lembrou que Santa Catarina teve um saldo de 74.837 novas empresas no primeiro semestre, o que representa uma alta de 47,63% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo Buligon, trata-se de mais um indicativo de uma consistente retomada econômica.

“O emprego é o nosso principal objetivo, pois garante a dignidade ao trabalhador. Mas há uma série de indicadores que comprovam que estamos no caminho certo, como o fato de mantermos a menor taxa de desocupação do país. Também estamos recebendo muitas novas empresas, o que comprova a competitividade catarinense”, disse Buligon.

Veja a lista dos melhores resultados por cidade no Brasil e em SC

1º – São Paulo (204.677)
2º – Belo Horizonte (27.802)
3º – Curitiba (25.984)
4º – Brasília (24.741)
5º – Rio de Janeiro (21.951)
6º – Goiânia (21.397)
7º – Salvador (16.763)
8º – Fortaleza (14.281)
9º – Barueri (12.688)
10º – Campinas (12.566)
12º – Joinville (10.838)
16º – Blumenau (9.763)
26º – São José (6.658)
28º – Itajaí (6.412)
41º – Chapecó (5.019)
42º – Jaraguá do Sul (4.881)

Publicidade